Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Na Missa de 7º Dia, Marconi diz que Zé Gomes morreu como um herói - Jornal Brasil em Folhas
Na Missa de 7º Dia, Marconi diz que Zé Gomes morreu como um herói


O governador Marconi Perillo e a primeira-dama e presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, participaram hoje em Itumbiara da missa de sétimo dia, realizada pela morte do ex-prefeito da cidade, José Gomes da Rocha, e do cabo da PM, Vanilson João Pereira. Em tom de consternação e perplexidade, Marconi disse que estava ali abraçando os familiares e amigos de Zé Gomes e do Cabo Vanilson, que morreram como heróis num atentado cheio de maldade e vilania.

Disse também que amanhã a Polícia Civil de Goiás vai conceder entrevista coletiva sobre o andamento das investigações do crime. "Só posso adiantar que foi premeditado", afirmou à imprensa. Realizada na Catedral Santa Rita de Cássia pelo Bispo Dom Fernando, a missa contou com a participação de 2.500 pessoas aproximadamente.

"Zé Gomes esteve e sempre quis estar no alto. E sua morte aconteceu no auge da sua vida", afirmou Dom Fernando. "Deixou uma semente de vida, de amor por esta cidade, de um desejo de progresso", completou. Em sua pregação, o bispo enalteceu o ato do Cabo Vanilson, que enfrentou o atirador, antes de morrer. "Na convicção do seu dever, não poupou a própria vida para que outras vidas fossem preservadas", disse. Dezenas de pessoas assistiram à celebração vestindo roupas brancas, como forma de pedir paz na cidade.

Cidade entristecida

O clima em Itumbiara ainda é de muita tristeza, sobretudo pelo falecimento do ex-prefeito, que era muito querido na cidade. José Gomes liderava com folga as pesquisas de intenção de voto para sucessão municipal em eleição ocorrida no domingo passado.

José Gomes e o cabo Vanilson foram assassinados na última quarta-feira (28/9) pelo ex-funcionário da prefeitura da cidade, Gilberto Ferreira do Amaral, durante uma carreata da campanha. Na ocasião, o vice-governador e secretário de Segurança Pública, José Eliton, o secretário de Comunicação da cidade, Célio Rezende e o motorista da caminhonete da carreata Edvan Júlio Guerino foram atingidos pelo atirador. Eles passaram por cirurgia e estão se recuperando bem.

Desde o ocorrido, as polícias civil, militar e federal iniciaram investigação para elucidar a motivação do crime. Além da família de José Gomes, participaram da Missa o secretário Vilmar Rocha (Secima), o prefeito de Itumbiara Chico Bala, o deputado federal Jovair Arantes e o deputado estadual e prefeito eleito Zé Antônio, que foi escolhido pelo PTB para substituir José Gomes no pleito, vencendo a eleição com 67,27% dos votos válidos.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212