Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Após suspensão injusta por doping, Alecsandro marca seu primeiro gol - Jornal Brasil em Folhas
Após suspensão injusta por doping, Alecsandro marca seu primeiro gol


O atacante Alecsandro, 35, saiu do banco de reservas para marcar o segundo gol da vitória do Palmeiras sobre o América-MG por 2 a 0, neste domingo (9), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.
O jogador, porém, só estava em campo graças a insistência em provar sua inocência em uma suspensão de dois anos por doping.
No fim de julho, um exame antidoping, realizado pelo atleta após o jogo contra o Corinthians no dia 3 de abril, acusou o uso da substância O-Dephenylandarine, proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada).
A defesa do atleta insistiu que a substância era proveniente de um procedimento capilar. Já o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo afirmou que era um tipo de anabolizante para aumentar o desempenho físico.
No início de agosto, Alecsandro perdeu a causa e foi suspenso por dois anos. Ele ficou impedido até mesmo de treinar com os companheiros. Para manter a forma, se exercitava no quarto para não ter que conversar com as pessoas sobre o caso na academia.
Seus advogados, então, recorreram à Wada (Agência Mundial Antidoping), que definiu: “o jogador não deve ser considerado como tendo cometido uma violação da regra antidoping”.
De acordo com a agência houve um falso doping e a substância realmente era de uma loção contra calvície, o que não justifica suspensão.
“Foi o momento mais difícil da minha carreira”, disse Alecsandro à época.
Foram três meses longe dos gramados até retornar no duelo contra o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil, em setembro. Um mês a mais para marcar um gol, no jogo contra o América-MG, em sua volta ao Campeonato Brasileiro.
“O Alecsandro estava há muito tempo sem jogar, entrou aplaudido, e eu falei para ele desfrutar o momento”, ressaltou o técnico Cuca.
Tchê Tchê já havia marcado no primeiro tempo, e o atacante entrou em campo em um momento que o time sofria para chegar ao ataque.
Aos 42 min do segundo tempo, ele recebeu passe de Zé Roberto e finalizou pressionado para marcar o gol que definiu a vitória palmeirense, a quarta consecutiva.
“Fico feliz de poder voltar a jogar, ser importante, mais ainda com tantos jogadores de alto nível”, afirmou Alecsandro após o confronto da tarde deste domingo (9).
Apesar do gol, o veterano de 35 anos deve continuar como opção no banco de reservas para as próximas partidas da equipe no Brasileiro.
Com a seleção brasileira para a disputa das eliminatórias da Copa do Mundo, Gabriel Jesus retornará ao time na próxima quarta (12) e deve fazer companhia a Dudu e Róger Guedes no ataque.
O próximo duelo é diante do Cruzeiro, na quinta-feira (13), às 19h30. O time mineiro briga para não entrar na zona de rebaixamento.
O mando do jogo é do Palmeiras, mas o time levará o confronto para Araraquara, interior de São Paulo, já que sua arena será utilizada para o show do tenor italiano Andrea Bocelli.
O resultado deste domingo levou o Palmeiras aos 60 pontos e manteve a vantagem de três pontos para o vice-líder Flamengo, que também venceu na rodada, e aumentou para sete a diferença para o Atlético-MG.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212