Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ausência de Neymar pela 1ª vez na era Tite testa evolução da seleção - Jornal Brasil em Folhas
Ausência de Neymar pela 1ª vez na era Tite testa evolução da seleção


A era Tite começou com uma sequência de três vitórias nas eliminatórias continentais da Copa do Mundo. Mas, sem o seu principal jogador, a seleção terá que “sofrer” contra a lanterna Venezuela, nesta terça (11), para sair com mais três pontos.
Sem Neymar, que cumprirá suspensão automática após receber o segundo cartão amarelo na vitória sobre a Bolívia na última quinta-feira (6), em Natal, o retrospecto da seleção neste ano despenca para quase a metade.
Com o astro, a seleção conquistou 80% dos pontos que disputou em 2016 e levou até a inédita medalha de ouro olímpica no Rio de Janeiro. No total, o time venceu sete partidas, empatou três e não perdeu nenhuma.
Porém, quando a equipe joga sem o ex-santista, o aproveitamento cai para 53%. Das cinco partidas que Neymar esteve fora, o time então comandado por Dunga venceu apenas duas (os fracos Haiti e Panamá), empatou outras duas (Paraguai e Equador) e perdeu outra (Peru).
Na ausência do atleta, a seleção ainda passou pelo pior vexame neste ano ao ser eliminada na primeira fase da Copa América Centenário. Apesar do desfalque, Tite tenta minimizar a dependência do craque do Barcelona. “É desumano colocar no Neymar a responsabilidade de solucionar a equipe. O time tem que ser forte sem ele”, afirmou o treinador.
Depois do jogo em Natal, Tite cobrou “maturidade” ao jogador. Ele recebeu o cartão amarelo ainda no primeiro tempo da goleada imposta aos bolivianos, por 5 a 0, na Arena das Dunas.
Foi o quarto cartão amarelo que o atacante recebeu nestas eliminatórias. Pela regra da competição, o jogador é obrigado a cumprir suspensão a cada dois cartões amarelos recebidos. Será a quarta vez que Neymar desfalcará o time nas eliminatórias por suspensão.
Dada a ausência do jogador do Barcelona, Tite terá o desafio de armar uma nova formação para manter o time nacional no caminho das vitórias. O meia Willian foi escolhido para substituir o astro. O jogador do Chelsea e Philippe Coutinho vão atuar mais adiantados para ajudar o atacante Gabriel Jesus.
“Estamos preparados, mas tem que saber sofrer, o que é normal. O futebol mudou”, afirmou Jesus, que já marcou três gols no torneio.
A outra novidade na equipe será a entrada de Paulinho. Ele cumpriu suspensão na última partida e entrará na vaga de Giuliano, que teve uma boa atuação na Arena das Dunas.
Em segundo lugar, com 18 pontos, o Brasil pode chegar à liderança das eliminatórias em Mérida. Para isso, os comandados de Tite precisam vencer a Venezuela e torcer por um tropeço do Uruguai, que lidera o torneio, com 19 pontos. Fora de casa, eles enfrentam nesta terça a Colômbia, em Barranquilla.
A Venezuela faz a campanha mais fraca nas eliminatórias até agora. O time tem apenas dois pontos somados.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212