Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Declarações de Hollande ofuscam primárias da direita francesa - Jornal Brasil em Folhas
Declarações de Hollande ofuscam primárias da direita francesa


O alvoroço causado pelas confidências do presidente francês François Hollande, faltando meio ano para as presidenciais, deixaram em segundo plano o primeiro debate televisado dos candidatos das primárias da oposição de direita.

No livro escrito por dois jornalistas a partir de entrevistas com o chefe de Estado francês, Un président ne devrait pas dire ça... (Um presidente não deveria dizer isso, em tradução literal), publicado na quinta-feira, François Hollande critica a Justiça, uma instituição de covardes, afirma que os jogadores da seleção francesa de futebol precisam de musculação do cérebro e confessou ter autorizado, ao menos, quatro assassinatos dos serviços de inteligência no exterior.

Ante a repercussão das declarações, Hollande declarou lamentar profundamente tê-las feito, em um e-mail enviado aos magistrados, no qual afirmou que aquela não era sua maneira de pensar.

O rebuliço geral provocado pelas confidências do presidente socialista que, segundo opiniões de seu próprio partido, enfraquecem a hipótese de uma candidatura, chegou ao debate televisionado dos pré-candidatos das primárias da direita.

Apesar de os sete candidatos conservadores tentarem fazer valer suas plataformas, todos acabaram mostrando uma frente comum contra o atual presidente.

Os pobres, desdentados, os esportistas, descerebrados, os magistrados, covardes... me pergunto até onde Hollande vai conseguir destruir e sujar a função presidencial, disparou o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, aspirante novamente ao cargo.

O presidente faltou gravemente com os deveres de sua função e demonstrou uma vez mais não estar à altura de seu cargo, reagiu, por sua vez, Alain Juppé, favorito das primárias.

Durante o debate, Juppé, ex-primeiro-ministro e prefeito de Bordeaux, recordou que a direita está aberta aos decepcionados com o hollandismo.

O vencedor das primárias da direita tem grandes chances de ser o futuro presidente.

As últimas pesquisas eleitorais apontam uma queda da esquerda nas intenções de voto para o primeiro turno e a vitória do candidato da direita frente a Marine Le Pen, a candidata da extrema-direita, no segundo turno.

Até agora, Alain Juppé, de 71 anos, lidera as sondagens, graças a uma campanha ponderada e a uma imagem de unificador, apreciada pela direita moderada, pelo centro e até por uma parte da esquerda.

Prefeito da cidade de Bordeaux, Juppé tem uma imagem positiva entre a maioria dos eleitores da direita e do centro (75%) e entre os franceses em geral (55%), muito à frente de Nicolas Sarkozy, 61 anos, segundo enquete publicada na quarta-feira.

Sarkozy, que optou por uma campanha direitista, tem apenas 55% das opiniões favoráveis em seu próprio campo, e apenas 28% entre os franceses.

A campanha prevê mais dois debates antes do primeiro turno, nos dias 3 e 17 de novembro, e um debate entre os finalistas em 24 de novembro, três dias antes do segundo turno.

 

Últimas Notícias

Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais
BNDES fecha o ano com desembolsos de R$ 71 bilhões

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212