Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Obama afirma que EUA darão grande salto a Marte com ajuda do setor privado - Jornal Brasil em Folhas
Obama afirma que EUA darão grande salto a Marte com ajuda do setor privado


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, considera que seu país está no caminho correto para, com a cooperação entre o governo e os empreendedores privados, alcançar a meta de enviar humanos a Marte na década de 2030, segundo um artigo que ele escreveu e publicou na emissora americana CNN nesta terça-feira.

Em 2010, poucos meses após sua chegada à Casa Branca, Obama descreveu seus objetivos para a exploração espacial durante um discurso no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, onde previu que os Estados Unidos poderiam enviar humanos em uma viagem de ida a Marte e volta à Terra no início da década de 2030.

Agora, em artigo intitulado Estados Unidos darão o grande salto a Marte, Obama relata que mantém a mesma sensação de assombro perante a exploração espacial que tinha quando criança e diz que representa uma parte essencial da personalidade americana: a inovação e o engenho, empurrando os limites do que é possível e fazê-lo antes que ninguém.

Chegar a Marte exigirá cooperação contínua entre o governo e empreendedores privados, e já estamos no caminho correto. Dentro dos próximos dois anos, empresas privadas enviarão pela primeira vez astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), destaca o presidente.

Obama antecipa, além disso, que os Estados Unidos já estão trabalhando com parceiros comerciais para construir novos habitats que possam manter e transportar astronautas em missões de longa duração no espaço profundo.

Estas missões nos mostrarão como os humanos podem viver longe da Terra - algo que necessitaremos para a longa viagem a Marte, acrescenta no artigo.

Segundo Obama, na atualidade mais de 1.000 empresas de quase todos os estados do país estão trabalhando em iniciativas espaciais privadas e nesta mesma semana se reunirão em Pittsburgh (Pensilvânia) cientistas, engenheiros e empreendedores para encontrar as próximas fronteiras.

Para dar esse salto gigante ao planeta vermelho, os pequenos passos ocorrem quando nossos estudantes - a geração Marte - entram em sala de aula a cada dia, já que para as descobertas científicas se necessitam anos de testes, paciência e um compromisso nacional com a educação, enfatiza Obama.

Em 2011, a Nasa, agência espacial americana, pôs fim aos voos de suas naves espaciais e desde então depende da Rússia para levar seus astronautas à ISS.

Essa situação mudará no ano que vem, quando está previsto que pelo menos duas empresas privadas, Boeing e SpaceX, realizem missões tripuladas para transferir os astronautas americanos à ISS sem depender de terceiros países.

Em outro artigo publicado no blog da Casa Branca, o administrador da Nasa, Charles Bolden, detalha que em agosto foram selecionadas seis empresas para criar protótipos de módulos de habitats para o espaço profundo.

Além disso, Bolden explica que antes do final de ano começará o processo para dar a empresas a oportunidade potencial de acrescentar seus próprios módulos e outras capacidades à Estação Espacial Internacional.

 

Últimas Notícias

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

MAIS NOTICIAS

 

Estimativa do mercado para inflação cai pela quarta vez seguida
 
 
Autoridades de Cuba anunciam retorno de médicos antes do fim do ano
 
 
Guatemala monitora atividades de vulcão que pode ter novas erupções
 
 
Ex-CEO da Nissan é preso no Japão suspeito de reduzir próprio lucro
 
 
Governador eleito do Rio promete nova concessão para o Maracanã
 
 
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212