Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Missão espacial tripulada chinesa decola com sucesso - Jornal Brasil em Folhas
Missão espacial tripulada chinesa decola com sucesso


A missão espacial tripulada chinesa Shenzhou-11 foi lançada nesta segunda-feira com sucesso com dois astronautas a bordo para uma missão de um mês no laboratório espacial Tiangong-2.

O foguete decolou sem problemas do centro de lançamentos de Jiuquan (província de Gansu) com destino à órbita terrestre, onde em dois dias está previsto que se acople ao laboratório espacial.

Aos três minutos do lançamento, os quatro foguetes auxiliares se desprenderam com normalidade do corpo principal e aos dez minutos fez o mesmo o foguete da segunda fase.

E aos 13 minutos do lançamento, a abertura dos painéis solares da cápsula Shenzhou-11 marcou o início da entrada em órbita e o sucesso da manobra, segundo anunciou um responsável pela missão.

Uma câmera situada dentro da cápsula permitiu ver os dois astronautas, Jing Haipeng e Chen Dong, durante todo o lançamento e chegada à órbita terrestre.

O Shenzhou-11 está em sua órbita determinada segundo o plano original. Portanto, a colocação em órbita da missão tripulada foi um sucesso, anunciou da base um oficial militar.

Esta é a sexta missão que o gigante asiático envia ao espaço com astronautas a bordo, após as cinco que foram lançadas entre 2003 e 2013, e será, se forem completados os planos, a mais longa.

Os dois tripulantes da nave permanecerão um total de 33 dias em órbita, frente aos 15 da missão anterior, a Shenzhou-10: dois para alcançar a órbita do laboratório, 30 dentro e um mais para retornar.

O veterano Jing, de 50 anos e em sua terceira viagem espacial após as completadas a bordo da Shenzhou-7 (2008) e Shenzhou-9 (2012), comanda a nave, com o estreante Chen, de 37 anos, como acompanhante.

A logística do lançamento foi similar às das decolagens das missões anteriores que a China tinha realizado com tripulação, embora tenha havido mudanças nos sistemas internos da nave e na preparação dos astronautas, pensando na maior duração de sua viagem, explicaram neste domingo os responsáveis pelo projeto.

Apesar de as últimas naves espaciais tripuladas do gigante asiático terem decolado com três astronautas, desta vez se preferiu reduzir a equipe de bordo para prolongar sua estadia.

O principal objetivo da Shenzhou-11 é verificar o correto funcionamento dos sistemas do laboratório Tiangong-2 e começar os preparativos para a futura estação espacial chinesa, que as autoridades acreditam que vai estar funcionando por volta de 2022.

Além disso, Jing e Chen realizarão experimentos científicos, entre eles alguns projetos em parceria com instituições acadêmicas estrangeiras e outros propostos por estudantes do ensino médio de Hong Kong, sobre medicina, física espacial e botânica, junto com observações espaciais e mecânicas.

Com o lançamento da 11ª nave da família Shenzhou - que em mandarim significa, literalmente, barco divino -, a China encerra um período de mais de três anos sem enviar astronautas ao espaço, após completar duas missões tripuladas consecutivas em 2012 e 2013.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212