Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 China apresenta os astronautas de sua sexta missão espacial tripulada - Jornal Brasil em Folhas
China apresenta os astronautas de sua sexta missão espacial tripulada


A China apresentou hoje os dois astronautas que irão para o espaço na sexta missão tripulada do país, a bordo da nave Shenzhou-11, cujo lançamento está programado para esta segunda-feira às 7h30 (horário local, 21h30 de domingo em Brasília).

Jing Haipeng, um veterano que já participou de missões em 2008 e 2012, e o estreante Chen Dong são os escolhidos para dirigir essa nave, informou a porta-voz do programa espacial tripulado da China, Wu Ping, em entrevista coletiva no centro de lançamentos Jiuquan, no Deserto de Gobi.

A Shenzhou-11 partirá da base de Jiuquan com o objetivo de se acoplar ao novo laboratório espacial chinês, o Tiangong-2, lançado no dia 15 de setembro.

Espera-se que a nave demore dois dias para ficar em uma posição perto da do laboratório, que orbita ao redor da Terra a 333 quilômetros de altura, e que permita realizar a montagem de ambas as plataformas.

Depois da entrada em órbita de Shenzhou-11 será feito um acoplamento automático com Tiangong-2 em dois dias e formarão um complexo. Os astronautas entrarão em Tiangon-2 e o complexo voará durante 30 dias, explicou Wu.

Ao longo desse tempo, Jin e Chen viverão e trabalharão dentro do laboratório espacial e farão vários experimentos científicos.

Uma vez completados os 30 dias em órbita, está previsto que o complexo formado pela Shenzhou-11 e o Tiangong-2 se separe e que os astronautas retornem à Terra a bordo da nave em um dia.

O Tiangong-2 entrará então no modo de operações automático, acrescentou a porta-voz do programa espacial tripulado chinês.

Assim, a duração total da missão chegará a 33 dias, mais do que o dobro que a anterior tripulada chinesa, a Shenzhou-10, que com 15 dias era a mais longa até o momento.

Esta longa permanência no espaço implica um aumento dos riscos para a saúde dos astronautas, advertiu Wu, afirmando que a baixa da função cardiovascular será mais proeminente e haverá um certo grau de atrofia muscular e perda óssea.

Segundo o porta-voz, a principal incumbência da Shenzhou-11 é transportar da Terra para o espaço material para os operações em órbita do laboratório Tianong-2.

Além disso, Jing e Chen testarão a capacidade do complexo para abrigar vida e trabalho dos astronautas, ao mesmo tempo que desenvolverão experimentos científicos, em campos como biologia e botânica, observação espacial e atividades de divulgação.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212