Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Nave tripulada russa se acopla com sucesso à ISS - Jornal Brasil em Folhas
Nave tripulada russa se acopla com sucesso à ISS


A nave russa Soyuz MS-02, com três tripulantes a bordo, se acoplou nesta sexta-feira com sucesso à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), informou o Centro de Controle de Voos Espaciais da Rússia.

O acoplamento aconteceu às 9h59 GMT em modo automático, como estava previsto, segundo a Roscosmos, a agência espacial russa.

A Soyuz, lançada na quarta-feira passada de Baikonur (Cazaquistão), levou à ISS os membros da expedição 49/50, integrada pelos russos Sergei Rizhikov e Andrei Borisenko, e o americano Shane Kimbrough.

Os astronautas serão recebidos a bordo da plataforma orbital por seus atuais ocupantes: o russo Anatoli Ivanishin, o japonês Takutya Onishi e a americana Kathleen Rubins, que está há mais de três meses no espaço.

As escotilhas serão abertas depois de se verificar a selagem do acoplamento e se igualar a pressão da nave tripulada com a da plataforma orbital, processo que habitualmente dura duas horas.

O programa russo da expedição 49/50 inclui mais de 50 experimentos científicos em diferentes áreas, incluindo o cultivo de pimentões em condições de falta de gravidade e o controle remoto de aparelhos para a exploração de outros planetas a partir da plataforma orbital.

Os novos inquilinos da ISS terão que se ocupar também de receber várias naves não tripuladas com carga vital para a estação: a russa Progress, a americana Dragon e a japonesa HTV.

A bordo da MS-02, a segunda nave da nova geração da Soyuz, os cosmonautas russos levaram à ISS um fragmento das relíquias do santo ortodoxo Serafim de Sarov, que lhes acompanhará durante sua permanência no espaço e que trarão de volta à Terra ao término da missão na plataforma.

A ISS, um projeto de mais de US$ 150 bilhões no qual participam 16 nações, atualmente é integrada por 14 módulos permanentes e orbita a uma velocidade de mais de 27 mil km/h a uma distância de 400 quilômetros da Terra.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212