Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Nave tripulada russa se acopla com sucesso à ISS - Jornal Brasil em Folhas
Nave tripulada russa se acopla com sucesso à ISS


A nave russa Soyuz MS-02, com três tripulantes a bordo, se acoplou nesta sexta-feira com sucesso à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), informou o Centro de Controle de Voos Espaciais da Rússia.

O acoplamento aconteceu às 9h59 GMT em modo automático, como estava previsto, segundo a Roscosmos, a agência espacial russa.

A Soyuz, lançada na quarta-feira passada de Baikonur (Cazaquistão), levou à ISS os membros da expedição 49/50, integrada pelos russos Sergei Rizhikov e Andrei Borisenko, e o americano Shane Kimbrough.

Os astronautas serão recebidos a bordo da plataforma orbital por seus atuais ocupantes: o russo Anatoli Ivanishin, o japonês Takutya Onishi e a americana Kathleen Rubins, que está há mais de três meses no espaço.

As escotilhas serão abertas depois de se verificar a selagem do acoplamento e se igualar a pressão da nave tripulada com a da plataforma orbital, processo que habitualmente dura duas horas.

O programa russo da expedição 49/50 inclui mais de 50 experimentos científicos em diferentes áreas, incluindo o cultivo de pimentões em condições de falta de gravidade e o controle remoto de aparelhos para a exploração de outros planetas a partir da plataforma orbital.

Os novos inquilinos da ISS terão que se ocupar também de receber várias naves não tripuladas com carga vital para a estação: a russa Progress, a americana Dragon e a japonesa HTV.

A bordo da MS-02, a segunda nave da nova geração da Soyuz, os cosmonautas russos levaram à ISS um fragmento das relíquias do santo ortodoxo Serafim de Sarov, que lhes acompanhará durante sua permanência no espaço e que trarão de volta à Terra ao término da missão na plataforma.

A ISS, um projeto de mais de US$ 150 bilhões no qual participam 16 nações, atualmente é integrada por 14 módulos permanentes e orbita a uma velocidade de mais de 27 mil km/h a uma distância de 400 quilômetros da Terra.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212