Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ministério proíbe leite em pó importado na produção de UHT e pasteurizado - Jornal Brasil em Folhas
Ministério proíbe leite em pó importado na produção de UHT e pasteurizado


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento proibiu a reconstituição do leite em pó importado para a produção de leite UHT e pasteurizado. Pela nova regra, publicada hoje (21) no Diário Oficial da União, apenas o leite em pó nacional pode ser utilizado na fabricação.

A norma altera outra, de julho deste ano, e vale para as áreas abrangidas pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). A produção brasileira de leite, de aproximadamente 35 bilhões de litros por ano, vinha crescendo aproximadamente 4% ao ano na última década.

Nos últimos dois anos, no entanto, houve queda na produção, principalmente no Nordeste. Por isso, em julho, o governo autorizou o uso de leite em pó na produção da bebida. No entanto, para preservar o preço ao produtor nacional, restringiu a autorização ao leite em pó brasileiro.

Segundo nota da Agricultura, a proibição de uso do produto importado na produção de leite atende à reivindicação de representantes do setor leiteiro e de parlamentares do Rio Grande do Sul.

O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor nacional de leite, com 4,7 bilhões de litros por ano. O estado fica atrás só de Minas Gerais, que produz 9,4 bilhões de litros por ano.

A Sudene abrange o semiárido brasileiro, que engloba todos os estados do Nordeste, além do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212