Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Hillary Clinton e Trump fazem último debate antes das eleições dos EUA - Jornal Brasil em Folhas
Hillary Clinton e Trump fazem último debate antes das eleições dos EUA


A menos de três semanas das eleições para a presidência dos Estados Unidos, a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump participam do terceiro e último debate da corrida eleitoral. A questão da imigração foi um dos primeiros temas do debate - que está sendo transmitido e comentado ao vivo por todas as redes de televisão, rádio, redes sociais e até em salas de cinema de várias cidades norte-americanas. O debate pode definir o vencedor das eleições. As pesquisas mostram Hillary Clinton à frente de Donald Trump, com diferença que variam entre seis e 11 pontos percentuais.

O debate, com previsão para durar 90 minutos, ocorre na Universidade de Nevada, na cidade de Las Vegas (estado de Nevada). O moderador, o jornalista Chris Wallace da rede de televisão Fox News, além do tema da imigração, fará perguntas sobre economia e temas internacionais e checará a aptidão de Hillary e de Trump para o cargo de presidente dos Estados Unidos.

As acusações a Trump sobre assédio sexual, feitas por várias mulheres, também serão temas abordados no debate. Hillary igualmente responderá às acusações de que usou seu computador pessoal para enviar e receber mensagens do governo norte-americano durante o período em que foi secretária de Estado dos EUA.

Em uma das primeiras intervençoes, Hillary Clinton disse que Donald Trump tem chamado, ao longo da campanha, os mexicanos de estupradores. Ela acusou o candidato republicando também de ter usado otrabalho de pessoas não documentadas [imigrantes ilegais] para construir a Torre Trump [um dos principais imóveis do empresário Donald Trump em Nova York] e trabalhadores mal pagos.

Hillary disse que, em sua política de imigração, pretende colocar esses trabalhadores na legalidade. Eu quero todo mundo fora das sombras, disse Hillary Clinton, acrescentando que o plano de Trump visa explorar as pessoas que trabalham de forma ilegal.

Em resposta, Donald Trump disse que a proposta de Hillary Clinton sobre imigração é um desastre. Ele criticou a política dos democratas de evitar que as pessoas aguardem a sua vez de entrar diretamente nos Estados Unidos. Precisamos de fronteiras fortes, disse, ao defender que os imigrantes têm de esperar pelo processo de imigração e aguardar a cidadania.

Hillary Clinton disse que prefere leis em vez de fronteiras fortes. Ela prometeu que, nos primeiros 100 dias depois de eleita irá propor ao Congresso a aprovação de uma lei que possibilite trabalho e cidadania para todos os que desejam emigrar para os Estados Unidos.

O ator de Ted Danson e a atriz Mary Steenburgen, ambos amigos de Hillary Clinton, estão presentes ao debate.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212