Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Comitiva da Seduce vai aos EUA para discutir Educação - Jornal Brasil em Folhas
Comitiva da Seduce vai aos EUA para discutir Educação


Liderada pela secretária de Educação, Cultura e Esporte, Raquel Teixeira, uma comitiva goiana embarca neste fim de semana para os Estados Unidos, a convite do Banco Mundial. O objetivo é ampliar o conhecimento sobre ensino e gestão de escolas. Os representantes do governo goiano também irão conhecer in loco o funcionamento das chamadas charter schools e apresentarão detalhes sobre como está a implantação da gestão compartilhada com Organizações Sociais (OSs) nas escolas públicas estaduais.

Até o dia 2 de novembro, a comitiva goiana terá três destinos: Atlanta, Nova Orleans e Washington. Raquel Teixeira embarca acompanhada do superintendente Executivo de Educação, Marcos das Neves, da superintendente de Ensino Fundamental, Márcia Rocha, e do chefe do Núcleo de Acompanhamento, Monitoramento e Avaliação dos Contratos de Gestão, Ademar Rodrigues. Essa equipe integra a comissão de seleção das Organizações Sociais em Goiás.

Programação

De 23 a 27, domingo a quinta-feira, Raquel Teixeira e equipe estarão em Atlanta para participar da Conferência de Liderança da Associação Nacional dos Estados Unidos de Autorizadores de Charter Schools. De acordo com a secretária, eles serão recebidos pelo técnico do Banco Mundial e especialista em gestão escolar dos Estados Unidos, Alex Medler. Em junho, o profissional esteve em Goiânia para troca de experiências e inclusive ministrou um workshop voltado para representantes das OSs.

“O Dr. Alex já esteve em Goiânia e conhece de perto o nosso projeto. É uma pessoa bastante capacitada, que vem contribuindo com sua experiência na área da Educação. Vamos ter uma discussão à parte sobre as OSs em Goiás e sobre como nosso programa está avançando”, explicou Raquel. “Já a conferência que participaremos será importante para conhecermos o processo que autoriza o funcionamento das charter schools. O papel deles é parecido com o que fazemos para qualificar as OSs”, completou.

Nova Orleans será a segunda parada da comitiva goiana. Entre os dias 27 e 31, quinta a segunda-feira, a equipe da Secretaria vai conhecer o método de ensino implantado em 2005, depois da destruição causada pelo Furacão Katrina. “O sistema educacional foi recriado e hoje é o único lugar no mundo onde 100% das escolas são charter. E o rendimento deles é impressionante. Nos interessa muito ver como funciona. Queremos conversar com os professores, os gestores escolares, alunos e secretário de Educação”.

Antes de retornar ao Brasil, a equipe ainda visita Washington para uma série de reuniões com técnicos do Banco Mundial especialistas em Educação. Do dia 31, segunda-feira, até o dia 2 de novembro, quarta-feira, o inovador projeto de gestão compartilhada com as OSs em Goiás será o foco. “Temos conversado direto com o Banco Mundial, por meio de videoconferências, mas o olho no olho é essencial, assim como essa troca de experiências. Quanto mais conhecimento, mais estaremos preparados para oferecer o melhor no nosso sistema”, avaliou a secretária.

Ao falar sobre a gestão compartilhada com as OSs, Raquel ainda citou os recentes vencedores do Prêmio Nobel de Economia, Oliver Hart e Bengt Holmström, que estudam teorias de contrato. “Esse tipo de governança que estamos implantando, e que envolve Estado e sociedade civil, tende a se fortalecer no mundo. O trabalho dos vencedores do Nobel mostra isso, a gestão compartilhada na condução da coisa pública. E esse é o nosso objetivo, oferecer serviço público de qualidade. Queremos que os alunos tenham acesso a um conhecimento qualificado, e que possam extrair o melhor disso. É bom para eles e representa um avanço para o País”, concluiu.

 

Últimas Notícias

Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira
Doria regulamenta lei que proíbe máscaras em protestos em São Paulo
Provável exaustão térmica mata militar no Rio
Fiéis vão às ruas para homenagear São Sebastião, padroeiro do Rio

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212