Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Hacker americano reivindica ataque a site da diplomacia russa - Jornal Brasil em Folhas
Hacker americano reivindica ataque a site da diplomacia russa


O Ministério das Relações Exteriores russo confirmou neste domingo que um de seus sites da Internet havia sido hackeado, depois que um americano afirmou no Twitter ter atuado em resposta aos ataques, também de pirataria, que os Estados Unidos atribuíram à Rússia.

No sábado à noite, o hacker The Jester divulgou o link da página do site que havia pirateado, onde publicou uma mensagem acusando Moscou de pirataria por motivos políticos.

Trata-se do nosso site antigo, que não utilizamos há tempos. Especialistas então averiguando quem está por trás, reagiu a porta-voz do Ministério russo, Maria Zajarova, em sua página do Facebook.

Zajarova afirmou que o site tem sido atacado regularmente desde 2013. A página atualmente ativa (mid.ru) funcionava normalmente neste domingo à tarde.

Se for comprovado que americanos estão por trás deste ataque, ainda que seja contra uma fonte inativa, isso não será uma boa notícia, pois isso quer dizer que uma cibermáquina de destruição está sendo utilizada [...] ou que a infernal campanha eleitoral dos Estados Unidos tem colocado as pessoas em um estado que começam a destruir tudo a sua frene, acrescentou.

No sábado à noite, The Jester, conhecido por vários ataques, incluindo um contra o site WikiLeaks em 2010, publicou em sua conta do Twitter (@th3j35t3r) uma mensagem reivindicando seus atos.

The Jester publicou um link que levava a uma página arquivada do site do Ministério onde aparecia a imagem de um palhaço com um texto dirigido a Moscou.

O hacker acusa a Rússia de estar por trás dos vazamentos diplomáticos do site WikiLeaks nos últimos anos e das revelações do ex-consultor dos serviços de inteligência americanos, Edward Snowden. E após toda essa pirataria por motivos políticos, cismam com Trump e tentam influenciar nas eleições de outra nação, escreveu.

Washington acusou a Rússia recentemente de ter planejado diversas operações de pirataria para influenciar na campanha eleitoral dos Estados Unidos. O presidente russo, Vladimir Putin, negou essas alegações.

Os Estados Unidos culpam Moscou de querer favorecer o candidato republicano, Donald Trump, que elogiou o chefe do Kremlin e prometeu melhores relações com a Rússia se chegar à Casa Branca.

 

Últimas Notícias

Índice de registro de imóveis pode melhorar transações no país
Programa para receber declaração do IR estará disponível segunda-feira
Paulo Guedes espera aprovação da reforma da Previdência até junho
Doria anuncia redução do aumento do preço médio do gás em São Paulo
Pesquisador em Engenharia Aeroespacial assume presidência do CNPq
Ortega anuncia retomada do diálogo com a sociedade organizada
Empresária vítima de tentativa de feminicídio no Rio deixa hospital
Atriz Fernanda Montenegro recebe alta de hospital no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212