Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 EBC comemora nesta segunda nove anos de atuação - Jornal Brasil em Folhas
EBC comemora nesta segunda nove anos de atuação


A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) completa hoje (24) nove anos de atuação. Criada em 2007 para fortalecer o sistema público de comunicação, a EBC tem o objetivo de divulgar informação de qualidade sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo. Sua atuação espelha a diversidade cultural, étnica e social do povo brasileiro, com a transmissão, produção, programação e distribuição de conteúdos.

“Eu tenho a convicção de que modernizar a programação tornará os veículos de comunicação da EBC mais informativos e dinâmicos. A valorização dos profissionais da empresa é o primeiro passo para essa transformação. Estimular os funcionários, que acompanham de forma dedicada a sua história, reforçará a aproximação da empresa com a sociedade”, afirma o diretor-presidente da EBC, Laerte Rímoli.

A Empresa Brasil de Comunicação começou a ser idealizada em maio de 2007, quando o tema TV pública foi debatido durante o 1º Fórum Nacional de TVs Públicas, em Brasília. O evento, que envolveu amplos setores da sociedade civil, como acadêmicos, comunicadores, cineastas, jornalistas, movimentos sociais, dirigentes de emissoras de rádio e televisão não comerciais, assim como grupos e entidades dedicados a refletir sobre a comunicação, resultou numa proposta básica denominada Carta de Brasília. Em outubro de 2007, com a edição da Medida Provisória 398, depois convertida pelo Congresso na Lei 11.652/2008, foi autorizada a criação da empresa.

Ao herdar os canais de rádio e TV geridos pela estatal Radiobrás e pela Associação de Comunicação Educativa Roquette-Pinto (Acerp), a EBC ficou encarregada de unificar e gerir, sob controle social, as emissoras federais já existentes, instituindo o sistema público de comunicação. Além disso, adquiriu como missão articular e implantar a Rede Nacional de Comunicação Pública.

Atualmente, a estrutura da EBC é formada por: assembleia geral, órgãos da administração (Conselho de Administração e Diretoria Executiva) e órgãos de fiscalização (Conselho Fiscal e Auditoria Interna).

TV Brasil

Com a criação da EBC, nasceu a TV Brasil, a emissora pública nacional. Em parceria com outras emissoras educativas, a programação chega a 24 estados e ao Distrito Federal. A TV Brasil também está entre os canais por assinatura e chega a mais de 60 milhões de brasileiros que usam antena parabólica.

A emissora é uma das maiores janelas de exibição da produção audiovisual independente do país. Também dedica cerca de 41 horas semanais da grade ao público infantil. Exibe as mais premiadas séries internacionais, como O Planeta Azul e Ártico com Bruce Parry, além de ciclos de cinema com filmes inéditos na televisão brasileira, como os asiáticos, iranianos, africanos e os da 2ª Guerra Mundial.

Comunicação Pública

A EBC é gestora da TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Radioagência Nacional e do sistema público de rádio, composto por oito emissoras: Rádio Nacional AM do Rio de Janeiro (1.130 KHz), Rádio Nacional AM de Brasília (980 KHz), Nacional FM de Brasília (96,1 MHz), Rádio MEC AM do Rio de Janeiro (800 KHz), MEC FM do Rio de Janeiro (99,3 MHz), Rádio Nacional da Amazônia OC (11.780 KHz e 6.180 KHz), Rádio Nacional AM do Alto Solimões (670 KHz) e Rádio Nacional FM do Alto Solimões (96.1 MHz).

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212