Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Quinze espaços estaduais de cultura funcionam em Goiânia - Jornal Brasil em Folhas
Quinze espaços estaduais de cultura funcionam em Goiânia


Passar um fim de semana ou feriado em Goiânia, como o desta segunda-feira, dia 24, quando se comemora o aniversário da capital, pode ser uma boa opção para aqueles que não querem ou não podem dispor de muito dinheiro para o entretenimento, a cultura e o lazer. Quinze espaços estão em pleno funcionamento em Goiânia e oferecem atividades rotineiras de lazer, cultura e esporte.

Mantidas com recursos do Governo de Goiás e geridos pela Secretaria da Educação, Cultura e Esporte (Seduce) a maioria dessas unidades fica aberta ao público, de segunda a domingo, incluindo feriados. Veja aqui a programação especial que a Seduce preparou para o feriado do aniversário de Goiânia, que completa 83 anos.

“As unidades são de livre acesso ao público e possuem a premissa de garantir a democratização do acesso à cultura, além de estimular a formação e promoção de profissionais ligados à área”, pontua a secretária da Seduce, Raquel Teixeira, contando que eles foram criados e/ou revitalizados nas gestões do governador Marconi Perillo.

Elas englobam: Centro Cultural Oscar Niemeyer; Teatro Goiânia; Vila Cultural Cora Coralina; Centro Cultural Martim Cererê; Centro Cultural Gustav Ritter (Escolas de Música, Dança e Teatro); Museu Zoroastro Artiaga; Museu Pedro Ludovico; Centro Cultural Octo Marques (Escola de Artes Visuais, Galeria de Arte Frei Confaloni e Galeria de Arte Sebastião dos Reis); e Centro Cultural Marieta Telles Machado (Cine Cultura, Museu da Imagem e do Som, Gibiteca Jorge Braga, Arquivo Histórico Estadual e Biblioteca Pio Vargas).

Esses espaços oferecem ao público atividades rotineiras de diferentes expressões artísticas e atendem as mais diversas categorias da área de cultura, como museus, Patrimônio Cultural e Arquitetura e Urbanismo; Audiovisual; Cultura Afro-brasileira; Cultura Cigana; Cultura Indígena; Cultura Popular; Economia Criativa; Design e Moda; Artes Visuais; Circo; Dança; Literatura; Música; Teatro; Bibliotecas e Arquivos e esportes.

“Em consonância com as diretrizes do Plano Estadual de Cultura e atento a novas tendências do setor cultural, o Governo de Goiás garante a esses espaços equipes capacitadas lideradas por gestores qualificados e preparados para o desempenho de suas funções”, explica Raquel Teixeira. Segundo ela, eles são orientados a seguirem tendências modernas para garantir programações de qualidade, bem como primarem por uma gestão inovadora e ousada em cada uma das unidades.

Arte profissionalizante
Além dos 15 espaços culturais geridos pela Seduce, o Governo de Goiás administra também o Instituto Tecnológico de Goiás – Artes Basileu França (Itego), que abriga Biblioteca, Teatro Escola e Galeria de Arte. Ele foi fundado em 1967 como uma instituição de educação em artes, denominada Escola de Arte Veiga Valle.

O objetivo, conta a secretária, era inserir Goiás nos caminhos do então movimento nacional que visava integrar o conhecimento de arte ao processo educativo de crianças, jovens e adultos. A escola ofertou por alguns anosbasileu frança o ensino em Música e Dança. Em 1999, com o início da gestão do governador Marconi Perillo, o projeto pedagógico foi ampliado e passou a contemplar as áreas de Arte Educação, Artes Visuais e Teatro.

O Basileu França consolidou suas ações pedagógicas em Goiás através dos anos com a adoção de medidas como: criação do Programa Bolsa Orquestra (concessão de 100 bolsas de incentivo aos alunos que integram a Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás; ampliação da estrutura física e laboratorial com a construção de novas salas, de uma biblioteca e do laboratório técnico em Artes (o Teatro Escola Basileu França) com equipamentos modernos.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212