Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Com compra da dona da HBO, plano da AT&T é competir com Netflix - Jornal Brasil em Folhas
Com compra da dona da HBO, plano da AT&T é competir com Netflix


A AT&T anunciou que vai usar a sua proposta de aquisição da Time Warner, em uma transação avaliada em US$ 85,4 bilhões, para criar uma plataforma de vídeo digital capaz de concorrer com a Netflix.
A proposta foi indicada nesta segunda-feira (24), quando ela delineou os motivos para a proposta de tomada de controle acionária que transformaria o grupo de telecomunicações em uma das maiores companhias de mídia do planeta.
Randal Stephenson, presidente-executivo da AT&T, afirmou que o conatrole do conteúdo da HBO, a rede premium de TV a cabo da Time Warner, e do estúdio de cinema Warner Bros, o maior de Hollywood, permitiria que a AT&T avançasse rapidamente para construir um produto de vídeo a pedido que compensasse o declínio de sua divisão de TV via satélite, a DirecTV (adquirida em 2014 por US$ 49 bilhões).
Redes de televisão e grupos de TV paga vêm correndo para combater a crescente ameaça da Netflix e da Amazon, que combinaram plataformas para vídeo sob demanda com unidades internas de produção responsáveis por séries de TV como “House of Cards”.

House of Cards

Jeff Bewkes, o presidente-executivo da Time Warner, disse que serviços de vídeo a pedido como o da Netflix e o de sua HBO Now em breve se tornariam “uma coisa universal” entre os consumidores dos Estados Unidos.
Bewkes, que insistiu em que manteria seu posto na Time Warner caso a transação seja bem-sucedida, afirmou que os consumidores americanos estão se cansando de pagar US$ 100 ao mês por um monte de canais a que raramente assistem.
Alguns analistas sugeriram que a AT&T poderia tentar combater serviços como os da Netflix restringindo seus programas mais populares aos serviços de distribuição da empresa.
“Acreditamos ser provável que a AT&T acelere a transferência de conteúdo hoje no Netflix para a sua plataforma própria, o que seria um ponto negativo para o Netflix,” afirmou John Hodulik, analista dos banco UBS.
No entanto, qualquer plano nesse sentido certamente contaria contra a empresa durante um processo de análise regulatória que será certamente muito rigoroso.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212