Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Petróleo cai e fecha abaixo de US$ 50 em NY - Jornal Brasil em Folhas
Petróleo cai e fecha abaixo de US$ 50 em NY


O petróleo caiu nesta terça-feira (25) em Nova York, vítima da incerteza sobre o acordo de redução da oferta da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

O barril de WTI perdeu 56 centavos, a US$ 49,96, nos contratos para dezembro.

Em Londres, o barril do Brent para entrega em dezembro recuou 67 centavos, a US$ 50,79.

O Iraque introduziu uma dose de incerteza no mercado, ao indicar que quer ser isentado das cotas de produção, disse James Williams, da firma WTRG.

Os países-membros da Opep estão negociando entre si a forma de dividir o esforço de redução da oferta firmado no final de setembro, em Argel.

Esses pacto permitiu uma alta dos preços, mas, agora, o mercado não se moverá muito até ter claro como será a política de controle da oferta, avaliou Bart Melek, da TD Securities.

A Opep se reunirá no final de novembro para formalizar esse acordo que incluirá fixar cotas de produção para cada país.

A posição do Iraque, segundo maior produtor do cartel, gera dúvidas persistentes.

Outro obstáculo para a redução da excessiva oferta mundial - e que deve ser levado em conta pela Opep - é a evolução da produção da Nigéria e da Líbia. Esses países estão isentos de cotas de produção, devido a seus problemas políticos.

Os embarques de petróleo líbio subiram em setembro, graças ao progresso na reabertura de portos e o reinício de tarefas em campos de petróleo, indicou Matt Smith, da ClipperData.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212