Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Pela 1ª vez, secretário de Educação de Londrina será escolhido por seleção - Jornal Brasil em Folhas
Pela 1ª vez, secretário de Educação de Londrina será escolhido por seleção


A partir de hoje (26), qualquer pessoa pode se inscrever para tentar ser o novo secretário municipal de Educação de Londrina a partir de 1º de janeiro de 2017. Esta é a primeira vez que o comando de uma pasta da administração pública será escolhido por um processo seletivo, diferentemente do que ocorre em todo o país, quando geralmente os cargos são ocupados por indicações políticas.

As inscrições para concorrer à vaga podem ser feitas até 15 de novembro e os candidatos serão analisados em diversas etapas para que até dezembro seja entregue ao prefeito eleito da cidade uma lista curta de onde será definido o novo secretário.

O processo, que está nas mãos da organização não governamental Instituto Vetor Brasil, especializada em recrutamento e treinamento de profissionais na gestão pública, inclui, na primeira fase, uma análise de currículo. Diretora do instituto, Joice Toyota explicou, durante o lançamento do edital hoje na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que ainda serão avaliados outros critérios como motivação e o conhecimento que o candidato tem da situação da rede municipal de educação.

Em busca do melhor

“Queremos escolher o melhor ou a melhor. Em paralelo [às inscrições] a gente começa a rodar as primeiras etapas de seleção para realizar as entrevistas finais, a sabatina com membros da sociedade, e, depois, um teste de capacidade analítica, vamos olhar recomendações profissionais e motivação pessoal”, disse.

Os inscritos também serão sabatinados por representantes de universidades e pelo terceiro setor. Só os nomes que forem aprovados por estas mesas serão ouvidos também pelo prefeito eleito da cidade, Marcelo Belinati.

“Esse processo é inovador porque abre um leque de oportunidades para educadores de Londrina. Temos 29 instituições de ensino superior. Um dos diferenciais para a escolha será o conhecimento da nossa rede pública, nossos desafios e realidade. Isto oportuniza para quem é um grande talento e nunca teve oportunidade de sequer participar, nunca nem foi ouvido”, avaliou Belinati.

Segundo ele, a iniciativa vai tirar do discurso eleitoral a prática de promessas geralmente apresentadas para a área.

“O principal é termos um secretário de educação capacitado. Não é uma questão de Londrina, mas do Brasil. Não é critica aos secretários que passaram, mas foram indicações políticas”, disse o prefeito eleito em primeiro turno. Belinati aposta ainda que o processo seletivo pode ser ampliado para outras áreas e adotado por outras cidades.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212