Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


10 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governador empossa novos auxiliares - Jornal Brasil em Folhas
Governador empossa novos auxiliares


O Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa) recebeu nesta quinta-feira, dia 28, uma nova turma de estudantes do curso de Medicina do Instituto Master de Ensino Presidente Antônio Carlos (Imepac), de Araguari-MG, para participar do programa de Internato neste primeiro semestre de 2016. Os 13 internos, que estão cursando o 11º e 12º períodos, compreenderão a rotina da unidade ao realizar procedimentos clínicos e cirúrgicos, acompanhados pelos preceptores que compõem o quadro de profissionais médicos do Huapa.

O convênio da Secretaria da Saúde de Goiás (SES) para o internato no Huapa, além do Imepac, também é com a UniEvangélica, de Anápolis. Ao total, o hospital está com 26 internos (13 do Imepac e 13 da Unievangélica), que foram divididos em grupos para alternar as atividades entre as especialidades de Clínica Média e Cirurgia Geral.

Desde 2012, o Huapa recebe internos de Medicina nessas especialidades, quando foi instituída a Comissão de Ensino e Pesquisa (CEP), responsável pelo acolhimento dos estudantes, assim como a realização de cursos, seminários e palestras.

Mais informações: (62) (62) 3921-2147 / 6413



A partir desta sexta-feira, dia 29, as Centrais de Abastecimento de Goiás e a União de Atacadistas e Produtores de Hortifrutigranjeiros de Goiás (Uniap), realizam uma Campanha de Arrecadação de Donativos para as Vítimas das Enchentes em Goiânia. As entidades mobilizam os empresários, trabalhadores e clientes – que totalizam cerca de 15 mil pessoas circulando no entreposto diariamente – para arrecadarem alimentos não perecíveis para as vítimas (tais como arroz, feijão, óleo, macarrão, farinha, bolachas, açúcar, sal e outros), além de roupas, calçados e produtos de higiene.

As doações devem ser entregues na Rádio Ceasa das 6 às 12 horas. As duas entidades também utilizarão a estrutura do Banco de Alimentos para doar hortifrútis às vítimas. O Banco de Alimentos já faz, semanalmente, doações a 1.144 famílias carentes e 307 entidades filantrópicas cadastradas.

No último mês de dezembro, o Banco arrecadou mais de 150 toneladas de alimentos (153mil 952 kg). Agora parte dos produtos arrecadados, junto aos produtores e empresários da Ceasa, será destinada às vítimas das últimas chuvas em nossa capital. A Rádio Ceasa fica na Rodovia BR-153, Km 5,5 – Jardim Guanabara, em Goiânia.

No último domingo de janeiro (dia 31) é celebrado o Dia Mundial de Combate à Hanseníase, data instituída pela Organização Mundial de Saúde (OMS). De acordo com a Secretaria da Saúde (SES), em 2014 foram 2.746 casos de hanseníase em registro ativo, em Goiás. Destes, 84% foram curados e 3% abandonaram o tratamento. Até novembro de 2015 surgiram 1288 novos casos de hanseníase, gerando um total de 2595 casos de registro ativo da doença.

A doença infecciosa e contagiosa popularmente conhecida como lepra é causada por um bacilo denominado Mycobacterium leprae e atinge pessoas de todas as faixas etárias. A hanseníase não é hereditária e a evolução depende de características do sistema imunológico da pessoa que foi infectada. No Brasil, o tratamento é gratuito e feito na rede básica de Saúde.

Em Goiás, o Hospital de Doenças Tropicais Anuar Auad (HDT/HAA) realiza o diagnóstico bem como o acompanhamento dos efeitos colaterais e reações ao medicamento, próprios da doença. De acordo com a médica dermatologista da unidade, Beatriz Justino, a transmissão da patologia ocorre por meio do contato direto com doentes sem tratamento, pois estes eliminam os bacilos através do aparelho respiratório superior em meio às secreções nasais e gotículas da fala, tosse e espirro. Ela destaca que essa transmissão não é tão fácil, “é necessário contato íntimo e prolongado”, diz.

Sintomas
Os principais sinais e sintomas ocorrem na pele e nervos: sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades; manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e ao toque; áreas da pele que apresentem alteração da sensibilidade e da secreção de suor; caroços e placas em qualquer região do corpo e diminuição da força muscular.

O paciente G.A.C., de 57 anos, descobriu que estava com hanseníase em 2005, quando apareceram manchas na pele. “Na época, fiz exames e a doença foi diagnosticada. Fiz tratamento, fiquei bom e não cuidei mais”, disse. G.A.C. passou quatro anos sem ir ao médico, e só voltou a se cuidar em 2010. Como está morando no interior, vem todo mês ao HDT/HAA para fazer o acompanhamento. ”Agora que estou fazendo o tratamento direito sinto que estou melhorando”, avalia o paciente.

Segundo Beatriz Justino, a hanseníase é estigmatizada porque, no passado, era diagnosticada muito tarde, causando deformações e mutilações nas pessoas. A médica afirma que a doença é curável, mas se não tratada pode levar a incapacidades. A dermatologista acena que hoje o tratamento é oferecido gratuitamente em todo o mundo, e há várias campanhas para o controle da doença. Ainda segundo ela, a doença foi erradicada em vários países.

Apesar de não haver uma forma de prevenção especifica para a haseníase, existem medidas que podem evitar as incapacidades e as formas multibacilares, tais como exame precoce dos contatos intradomiciliares; técnicas de prevenção de incapacidades; e uso da vacina BCG e, principalmente, o diagnostico precoce e o tratamento correto.

Números em Goiás

De acordo com a Secretaria da Saúde (SES), no ano de 2014 havia 2.746 casos de hanseníase em registro ativo, em Goiás. Destes, 84% foram curados e 3% abandonaram o tratamento. Até novembro de 2015 surgiram 1288 novos casos de hanseníase, gerando um total de 2595 casos de registro ativo da doença.

O governador Marconi Perillo empossou, na tarde desta sexta-feira, dia 29, em solenidade no Auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, os membros da Superintendência Executiva do Trabalho, ligada à Secretaria Cidadã, e o novo superintendente executivo de Desenvolvimento Regional da Secretaria de Desenvolvimento (SED), o ex-prefeito de Formosa Pedro Ivo de Campos Faria, no lugar de Danilo de Freitas, que se despediu do governo estadual.

Jaime Bueno assume a presidência da recém-criada Superintendência Executiva do Trabalho por indicação do Fórum Permanente dos Trabalhadores. Foram empossados, também, Celi de Fátima Sousa Santos, no cargo de gerente do Sistema Estadual de Emprego; Havana Pereira Tavares, como gerente de Qualificação Profissional; e Derciley Cunha de Almeida, chefe do Núcleo do Sistema Estadual de Emprego e Qualificação Profissional.

Ao se dirigir a Jaime, o governador disse que a escolha do Fórum Permanente dos Trabalhadores foi extremamente acertada, dada às qualidades e a história do novo superintendente executivo do trabalho. “Tenho certeza de que você vai agregar muito valor às ações coordenadas pela secretária Leda e ao nosso governo”, afirmou.
Marconi disse que a missão de Jaime será a de auxiliar o governo na implementação de políticas novas no Sistema Nacional de Empregos (Sine), no fortalecimento da qualificação e do trabalho com o Sistema S também.


“Em um momento como esse, a política de desenvolvimento será muito importante para conseguirmos reagir a partir de Goiás. Por isso essa posse conjunta da área de desenvolvimento regional e da área do trabalho tem um simbolismo especial. Estamos fazendo nossa parte, para superar essa crise e transformar Goiás em um dos casos de sucesso no Brasil”, declarou o governador.

 

Últimas Notícias

Petrobras demite funcionários com prisão decretada na Lava Jato
Porto de Santos movimenta 110 milhões de toneladas de carga em 2018
Alimentos da cesta básica estão mais caros em 16 capitais brasileiras
Vendas internas de veículos novos têm melhor resultado desde 2015
BNDES lança programa para atender startups
Mercosul e UE retomam negociação com expectativa de acordo até março
Poupança tem menor captação para meses de novembro em três anos
Toma posse diretoria da nova Agência Reguladora de Mineração

MAIS NOTICIAS

 

Moro reafirma “confiança pessoal” em Onyx
 
 
Após discussão, votação do Escola sem Partido em comissão é suspensa
 
 
Senado aprova projeto que congela distribuição de recursos do FPM
 
 
Crediário e cartão são os maiores responsáveis pela inadimplência
 
 
Balança comercial tem segundo melhor superávit para meses de novembro
 
 
Enel anuncia R$ 3,1 bi em distribuição de energia em São Paulo

 


 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212