Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governador de Pernambuco pede a Temer recursos federais para obras no estado - Jornal Brasil em Folhas
Governador de Pernambuco pede a Temer recursos federais para obras no estado


Em reunião com o presidente Michel Temer, feita hoje (26) no Palácio do Planalto, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, entregou uma lista de obras, em curso no estado e no Nordeste, que estão paradas ou seguem em ritmo lento por falta de recursos federais. A intenção é cobrar do governo federal um compromisso com a liberação de dinheiro para a conclusão de projetos estratégicos e a concessão de rodovias e do aeroporto do estado.

Paulo Câmara defende que um trecho da BR-232 a ser duplicado e a construção do Arco Metropolitano do Recife, além do Aeroporto dos Guararapes, entrem no pacote de concessões federais para exploração da iniciativa privada. A previsão de concessão dos trechos rodoviários já estava sinalizado na última etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL), lançado em junho do ano passado pela ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), mas a intenção não se concretizou. No último pacote anunciado pelo governo federal no dia 13 de setembro, já com Michel Temer (PMDB) na Presidência, Pernambuco ficou de fora da lista.

Com relação aos projetos parados, entre as prioridades listadas estão grandes obras hídricas, como a Adutora do Agreste, e de logística, como a Ferrovia Transnordestina, ambas as construções praticamente paralisadas por falta de repasse do governo federal. Paulo Câmara também defende a adequação e duplicação da BR-423 no trecho entre São Caetano (PE) e Garanhuns (PE) e a conclusão da Refinaria Abreu e Lima.

O secretário de imprensa de Pernambuco, Ennio Benning, acompanhou Câmara na reunião e disse que algumas audiências com ministros ocorrem nesta tarde a pedido do presidente, mas o conteúdo das conversas “ainda são reservadas”. Em nota divulgada pelo governo, a reunião foi considerada “posititiva” pelo governador.

Em outra nota do governo enviada mais cedo, Câmara diz que a saída para a crise só pode ser alcançada com a retomada dos “investimentos estruturadores que são de responsabilidade da União”. “São essas grandes obras que geram empregos e dinamizam a economia, disse o governador.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212