Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 "Fizemos uma campanha vitoriosa", avalia Vanderlan - Jornal Brasil em Folhas
"Fizemos uma campanha vitoriosa", avalia Vanderlan


Começamos a eleição com 12% nas pesquisas e terminamos o segundo turno com 42,30%. Por isso, não tivemos erros durante a campanha. Não quero culpar ninguém por nada”, disse Vanderlan Cardoso (PSB) em entrevista coletiva concedida em seu comitê político na noite de domingo (30). O candidato agradeceu aos apoiadores e eleitores que acreditaram no projeto de desenvolvimento para Goiânia.

“Foi uma campanha vencedora em que somamos quase 300 mil votos, num momento delicado, com uma abstenção enorme”, disse se referindo ao fato de a cidade de Goiânia ter o quarto maior índice de abstenção entre as capitais no segundo turno. Vanderlan também reforçou que gosta da boa política e teve a oportunidade de praticá-la durante a campanha.

O pessebista recebeu 42,30% dos votos válidos contra 57,7% de Iris Rezende (PMDB), que acabou vencendo as eleições na capital. Na região leste de Goiânia, próxima à cidade de Senador Canedo, Vanderlan venceu Iris com 56,18% dos votos; contra 43,82%.

Campanha
“A campanha pela prefeitura foi para frente e alegre. Foi uma boa disputa contra um adversário que é muito forte em Goiânia, que já foi prefeito três vezes e governador. Temos que reconhecer que é uma vitória a confiança que tivemos da população e receber mais de 278 mil votos”, comemorou.

Vanderlan afirmou que acredita no futuro de Goiânia e tem projetos para desenvolver a cidade. “Acredito que Goiânia pode mais, não era para estar na situação em que se encontra. Está assim por causa da política atrasada implantada na cidade há 12 anos”.

O empresário agradeceu o apoio da militância e de políticos durante toda a caminhada da disputa pela prefeitura da capital goiana. Lembrou que Thiago Albernaz esteve o tempo todo à frente das decisões e mostrou um jovem bastante ativo e disposto. Mas lamentou a forma como o adversário conduziu a disputa. “O embate foi para 2018, infelizmente perdemos oportunidade de discutir projetos para Goiânia e ficamos na velha disputa política”, disse.

Além do candidato a vice, Thiago Albernaz, acompaharam Vanderlan na entrevista o vice-governador José Eliton, a senadora Lúcia Vânia, o deputado Sandes Júnior entre outras lideranças. “Só tenho que desejar que o adversário tenha condições de cumprir com todos seus compromissos que firmou durante a campanha”, finalizou Vanderlan.

ENTREVISTAS

Thiago Albernaz, candidato a vice-prefeito

"Fico muito feliz de ombrear essa caminhada ao lado do Vanderlan, na qual percorremos toda Goiânia de cabeça erguida e com certeza é um bom aprendizado sim e a gente chega satisfeitos das conquistas que tivemos, dos amigos que fizemos e da responsabilidade de assumimos perante quase 280 mil eleitores que confiaram no nosso projeto."

Senadora Lucia Vânia

“Vanderlan fez uma campanha para cima, com propostas interessantes para a cidade de Goiânia. O Vanderlan se esforçou muito, se desdobrou, não faltou a nenhum debate e concedeu entrevistas a todas as emissoras de rádio e de TV. O trabalho de rua foi bem elaborado. Nós conseguimos atingir Goiânia como um todo. Podemos sentir a aflição das pessoas sem UTI, sem transporte coletivo, com a falta de creches. As propostas do Vanderlan foram fundamentadas nestas dificuldades que encontramos em Goiânia. Não é fácil disputar com Iris Rezende em Goiânia, uma vez que ele tem toda a sua identidade vinculada ao povo goianiense. Portanto, o desempenho do Vanderlan foi muito bom, pois tivemos uma campanha curta, que favorece muito os que são mais conhecidos. Em uma campanha bem feita você sempre ganha. Cumprimos a nossa missão e mostramos a nossa responsabilidade com Goiânia e vamos continuar colaborando."

Vice-governador , José Eliton, vice-governador

"O Vanderlan fez uma belíssima campanha, apresentou suas propostas e o resultado da eleição reflete uma divisão na cidade onde o Vanderlan venceu na região central, venceu na região sudeste e por outro lado, o candidato Iris Rezende venceu na região oeste e noroeste da capital. Portanto, é uma campanha que demonstrou uma capacidade de articulação dos diversos partidos que compõem a base, mas que foi muito bem representada pelo Vanderlan que apresentou uma campanha altamente propositiva, com ferramentas modernas de gestão pública e nós temos de reconhecer neste momento que foi expressada a vontade popular e nos cabe desejar boa sorte ao prefeito eleito Iris Rezende."

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212