Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


15 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Marconi diz que terá relação republicana com Iris Rezende - Jornal Brasil em Folhas
Marconi diz que terá relação republicana com Iris Rezende


Na primeira coletiva à imprensa em que avaliou o resultado do 2º turno da eleição em Goiânia, o governador Marconi Perillo disse que terá com o prefeito eleito, Iris Rezende, “a melhor relação”, marcada pelo espírito republicano, e o prefeito eleito lhe dissera a mesma coisa ao telefone. Informou que ontem mesmo telefonou para Iris, cumprimentando-o pela vitória. “O governo do Estado estará aberto para celebrar todas as parcerias. E todas as sugestões que vierem serão bem recebidas da minha parte e por todos os secretários”, afirmou.

Na coletiva, Marconi assinalou que tanto Iris quanto Vanderlan fizeram uma campanha democrática e o resultado revela o desejo da população de Goiânia. Ressaltou também que teve uma boa relação com o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, com o de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, e com o de Anápolis, João Gomes, “e não será diferente agora”. Disse ainda que vai se pautar pelo espírito republicano de sempre. “Estenderei a mão a prefeitos de todos os partidos”.

De sua parte, afirmou Marconi, “serão tranquilas” as possibilidades de parcerias. “Não guardo rancor em relação a adversários e disputas. Sempre tive com o prefeito Iris Rezende uma relação cordial. Afinal, todos vocês sabem que partiu de mim o convite para que ele retornasse à cena política. Ele já tinha desistido e anunciado a desistência. Partiu de mim a iniciativa de procurar interlocutores e propor uma aliança no primeiro turno”, afiançou, acrescentando que a aliança só não foi possível porque não dependeu só da vontade dele e de Iris Rezende.

Na avaliação de Marconi, “Iris é homem público experimentado, amadurecido”. Está indo para o quarto mandato na prefeitura de Goiânia e ele está no quarto mandato de governador. “Disputamos três eleições. Seis turnos. Nem por isso deixei de respeitá-lo e creio que ele também não me deixou de respeitar. Espero que não haja qualquer problema com a Prefeitura de Goiânia”.

Ele afirmou que tem uma boa parceria com o prefeito Paulo Garcia e isso está sendo muito útil, especialmente nas obras do BRT. “E essas parcerias todas estarão à disposição. Imagino que nos próximos dias terei uma conversa com o prefeito Iris Rezende”, completou, informando que vai esperar apenas o prefeito “descansar” da campanha. “Da minha parte terei a maior disposição para conversar e celebrar todas as parcerias possíveis para o governo do Estado”, declarou.

Por fim, disse que quer ter uma boa relação com Iris Rezende e, com certeza, isso será bom para Goiânia. “Se depender de mim, nós teremos uma boa parceria. Alguns se lembram como foi o meu relacionamento com o ex-prefeito Iris Rezende nos dois anos em que ele esteve à frente da Prefeitura de Goiânia. Eu cheguei a entregar a ele a mais alta comenda do governo do Estado durante a inauguração da duplicação entre Goiânia e Goianira”, lembrou.

Sobre os questionamentos que Iris fez em relação ao contrato da Saneago, durante a campanha, o governador credita ao “calor da campanha”, mas, segundo ele, evidentemente o prefeito vai chegar à conclusão de que o contrato é “juridicamente perfeito”, tendo sido inclusive referendado pela Câmara de Vereadores e pelo Sindicato dos Trabalhadores Urbanitários (Stiueg).

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212