Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mostra em 200 cidades comemora Dia Internacional da Animação - Jornal Brasil em Folhas
Mostra em 200 cidades comemora Dia Internacional da Animação


O Dia Internacional da Animação, comemorado hoje (28), terá uma mostra gratuita em mais de 200 cidades em todos os estados do país com uma seleção de curtas-metragens de desenhos animados nacionais e internacionais, na 13ª edição do evento, que começa a partir das 19h em algumas cidades.

A programação pode ser consultada no site da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA). No Rio de Janeiro, a exibição ocorre na Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM), no Aterro do Flamengo, em parceria com o AnimaMundi, um dos mais importantes festivais de animação do país e que vai até domingo (30).

Produção cresceu

A pesquisadora Cristiane Fariah diz que o mercado brasileiro de animação cresceu muitos nos últimos dez anos e se profissionalizou, com o lançamento das primeiras séries de animação produzidas no país para exibição na TV. “A primeira série com produção comercial, com característica de produção industrial, com uma equipe grande, produzindo por etapas, feita para ser vendida, começou a ser produzida em 2008. A gente tem quase 100 anos de animação no Brasil e só em 2008 a gente tem a primeira série comercial, que foi Meu Amigãozão, quase concomitante com Peixonauta. A gente começou nos anos 2000 com algumas ações que foram resultando em outras até a gente chegar num cenário onde a gente tivesse empreendedores para ter negócios, para isso virar empregos, para isso virar dado e ter no mínimo 840 pessoas trabalhando com animação no Brasil”.

Cristiane lançou no ano passado o primeiro levantamento sobre a área no país, o estudo Eu Sou Animação no Brasil. Cristiane teve 840 questionários respondidos na pesquisa, que teve coleta de dados entre novembro e dezembro de 2014. Ela lembra que, antes de 2008, quem trabalhava na área era “por amor”. “Trabalhava muito e fazia porque queria produzir. A partir de 2008, 2009, começa a ter produção. No grosso disso tem o Fundo Setorial do Audiovisual, a Lei do Cabo, editais como o Anima TV. Então isso propiciou que a gente tivesse essa produção.”

O primeiro registro de animação no Brasil é de 1917, com o filme O Kaiser, do cartunista Álvaro Martins, produção que se perdeu no tempo. A criação da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) ocorreu em 2003, um reflexo do Festival Anima Mundi, que começou em 1993. Em 2008, com o Programa Nacional de Fomento à Animação Brasileira e o edital AnimaTV, houve o investimento de R$ 3,9 milhões para a produção de 18 pilotos de séries de 11 minutos. O resultado desse edital foi a comercialização e exibição das séries Tromba Trem e Carrapatos e Catapultas na TV Brasil e na TV Cultura.

A partir de 2012, quando entrou em vigor a Lei 12.485, que obriga as TVs pagas a exibirem uma cota de produção nacional, a produção de conteúdo brasileiro passou de 1.007 horas em 2011 para 3.884 horas em 2013.

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE