Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Obama faz campanha por Hillary e diz que Trump ameaça os direitos civis - Jornal Brasil em Folhas
Obama faz campanha por Hillary e diz que Trump ameaça os direitos civis


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um dramático apelo para que democratas norte-americanos de todas as origens étnicas defendam a candidata Hillary Clinton e votem nela. Em discurso na Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill (estado da Carolina do Norte), Obama alertou que o destino dos Estados Unidos - e do mundo - está em jogo.

Segundo ele, o candidato do Partido Republicano, Donald Trump, adversário de Hillary nas eleições para a presidência dos Estados Unidos, é uma ameaça aos direitos civis, duramente conquistados no país e no mundo. As eleições serão realizadas terça-feira próxima, 8 de novembro.

Em resposta, o candidato Donald Trump disse, em campanha em Pensacola, no estado da Flórida, que Obama deve parar de fazer campanha para Hillary Clinton e se concentrar em administrar o país. O resultado final é que ninguém quer mais quatro anos de Obama, acrescentou. Numa referência às recentes pesquisas que mostram os dois candidatos tecnicamente empatados, Trump disse que Hillary Clinton está completamente desorientada nos últimos dias.

Ao citar o movimento dos direitos civis que ocorreu no século passado e foi marcado por rebeliões e marchas pelas ruas de várias cidades dos Estados Unidos e de outros países, o presidente Obama pretende motivar os apoiadores de Hillary a atuarem nos últimos dias da campanha para evitar o risco de uma derrota. A própria campanha de Obama, quando foi eleito em 2008 e 2012, teve como base a temática do movimento dos direitos civis, que lutou contra a discriminação e a segregação racial, entre os anos de 1955 e 1968.

O presidente dos Estados Unidos vem participando, nos últimos dias, de vários eventos ligados à campanha eleitoral. Essa maior participação de Barack Obama coincide com a disputa acirrada entre Hillary Clinton e Donald Trump.

Além de Chapel Hill, o presidente norte-americano fará campanha por Hillary em algumas cidades da Flórida e também em Charlotte, a maior cidade da Carolina do Norte.

 

Últimas Notícias

Comissão de deputados vai amanhã a Brumadinho
Marcelo Álvaro reassume comando do Ministério do Turismo
Bolsonaro defende união para transformar Brasil em país seguro
Pedido de CPI sobre rompimento de barragem é protocolado no Senado
Juristas apresentam propostas para modernizar lei sobre drogas
Sindicalistas se reúnem com Mourão e criticam reforma da Previdência
MJ abre investigação contra Google por violação à privacidade
Brumadinho negocia fundo internacional para reconstruir área atingida

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212