Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Satélite mostra destruição na Itália após terremotos - Jornal Brasil em Folhas
Satélite mostra destruição na Itália após terremotos


Foram publicadas hoje (1º) as primeiras imagens de satélite da cidade de Nórcia, na Itália, devastada pelo terremoto de 6,5 graus de magnitude que atingiu a zona central do país no último domingo. As fotos foram tiradas pelo aparelho Cosmo SkyMed, da Agência Espacial Italiana (ASI), e comparam a situação da cidade antes e depois do abalo sísmico. As informações são da agência Ansa.

As primeiras imagens foram gravadas em Nórcia às 5h50 do dia 30 de outubro, horas antes do terremoto, ocorrido às 7h40. O satélite passou de novo pela cidade após o terremoto, às 5h50 de 31 de outubro. A análise foi elaborada pela empresa e-Geos, que já estava estudando os danos dos outros terremotos sentidos na zona central da Itália nos últimos dois meses.

No mapa, foram sinalizados em vermelho os pontos que desabaram no terremoto ou que sofreram algum dano. Excluindo as áreas de vegetação, quase todos os quarteirões com imóveis construídos possuem a sinalização vermelha.

Os sensores detectam pequenas variações, por isso, o ideal é fazer uma análise mais detalhada sobre o tipo e a escala de cada dano, orientou a e-Geos. Nórcia é tida como a cidade mais afetada pelo terremoto de domingo, assim como Amatrice foi a mais atingida pelo abalo sísmico de 24 de agosto.

Localizada na região da Úmbria, província de Perúgia, Nórcia tem cerca de 4,6 mil habitantes e uma área de apenas 274 km². Em uma zona da cidade, Castelluccio, a terra chegou a afundar 70 centímetros devido ao terremoto.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212