Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Protesto contra medidas do governo cobre escadas da Alerj com pacotes da morte - Jornal Brasil em Folhas
Protesto contra medidas do governo cobre escadas da Alerj com pacotes da morte


Um protesto contra as medidas fiscais do governo do Rio de Janeiro chamou a atenção de quem passou em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) na tarde desta quinta-feira (10). Organizado pelo movimento Rio de Paz, o ato cobriu as escadarias do parlamento fluminense com 100 pacotes de papel pintados com cruzes vermelhas.

Segundo o coordenador do Rio de Paz, Antônio Carlos Costa, o protesto era contra o que ele chamou de pacote da morte, em referência às medidas de contenção fiscal propostas pelo governo do estado, com objetivo de reequilibrar as contas públicas. Entre as medidas, estão o fim do aluguel social para famílias desalojadas e o fechamento dos restaurantes populares.

“Esses pacotes pintados com cruzes vermelhas representam o drama do pobre. É um pacote de morte o que o governo do estado está propondo. Pois você tirar as migalhas que são oferecidas para 154 mil famílias que tem uma renda média mensal [por pessoa] de R$ 100 é uma iniquidade, depois de ter torrado verba pública em grandes eventos esportivos. Privando pessoas do aluguel social, que perderam tudo em desmoronamentos e enchentes, tiradas dos seus lares pelo próprio governo do estado”, protestou Antônio Carlos.

Segundo ele, o pacote não faz com que os responsáveis pela atual situação econômica do estado paguem o preço de seus erros: “Estavam em Paris, comendo em restaurantes de luxo, torrando dinheiro público naquilo que não era prioritário. Agora botam o pobre para pagar esta conta. Eu não consigo imaginar uma nação desenvolvida permitindo que tamanho descalabro aconteça”.

Bloqueio

Nesta quinta-feira, a União bloqueou mais R$ 140 milhões das contas do Tesouro Estadual do Rio de Janeiro, agravando a situação. Ao todo, nesta semana, já foram bloqueados R$ 310 milhões das contas do governo fluminense, segundo informou a Secretaria Estadual de Fazenda. As verbas foram bloqueadas em função de dívidas do estado com a União.

De acordo com a secretaria, a medida afeta a gestão dos recursos do estado e compromete o pagamento do salário de outubro dos servidores estaduais. A equipe econômica do estado está fazendo uma avaliação sobre o impacto desse novo bloqueio no caixa.

Em decorrência da invasão da Alerj na última terça-feira (8), o governo exonerou o comandante do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE), coronel Rodrigo Sanglard, que foi substituído pelo tenente-coronel Rubens Castro Peixoto Júnior. Segundo a PM, a troca já estava planejada, mas os policiais militares que guarneciam a Alerj deixaram os manifestantes - a grande maioria formada por policiais, bombeiros e agentes prisionais - entrar livremente no prédio, que acabou ocupado e depredado.

 

Últimas Notícias

Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
Mercado mantém estimativa de inflação em 3,71% este ano
BC anuncia que atividade econômica cresce 0,02% em outubro
Embraer e Boeing aprovam termos para fusão
Leilão da Ceal é adiado para o dia 28 de dezembro
Tesouro quitou no ano R$ 4,19 bi de estados e municípios inadimplentes
Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
Com intervenção do BC, dólar começa semana em queda

MAIS NOTICIAS

 

Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
 
 
Documentos de Ghosn são recolhidos de apartamento em Copacabana
 
 
COP24: países definem regras para implementar Acordo de Paris
 
 
Crise na Nicarágua se agrava, diz Comissão de Direitos Humanos da OEA
 
 
Regulamentação do mercado de carbono será decidida somente na COP 25
 
 
Coreia do Norte adverte EUA que sanções podem impedir desnuclearização

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212