Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


11 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Tiago Henrique é julgado pela 21ª vez nesta quinta-feira - Jornal Brasil em Folhas
Tiago Henrique é julgado pela 21ª vez nesta quinta-feira


O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha será julgado nesta quinta-feira (17), pela 21ª vez. Hoje, ele responde pelo homicídio de Rosirene Gualberto da Silva. O crime ocorreu por volta das 23h20 do dia 19 de julho de 2014, na Avenida Anhanguera, no Setor dos Funcionários.

Segundo a denúncia, Rosirene e sua irmã, Rocilda Gualberto da Silva, dirigiam-se à Danceteria Viola de Prata, no automóvel da vítima. Ao chegarem perto do estabelecimento comercial, Rosirene estacionou o veículo sobre a calçada para que trocassem os sapatos.

Motivo torpe

O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) denunciou Tiago Henrique por homicídio com as qualificadoras de motivo torpe e com utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Enquanto permaneciam dentro do automóvel, Tiago Henrique, segundo a denúncia do MPGO, parou sua motocicleta ao lado da porta da motorista e anunciou um assalto, determinando que entregasse as chaves do veículo.

A vítima não esboçou reação e, antes que atendesse a ordem, o vigilante disparou um tiro de revólver em seu peito. Em seguida, o vigilante deixou o local do crime tranquilamente. Rocilda da Silva sofreu um ferimento leve no antebraço.

Indícios

Logo após ser preso pela força-tarefa montada pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária, em outubro de 2014, Tiago Henrique confessou o crime. O Laudo Pericial de Confronto Microbalístico indicou que o projétil que atingiu a vítima foi expelido pelo revólver apreendido na residência do acusado.

Rocilda da Silva também reconheceu o vigilante como autor do disparo e fotografias de fotossensores instalados nas ruas da região onde ocorreu o crime mostram a motocicleta utilizada por ele transitando pelo local na data e horário do crime.

Pena

Tiago Henrique já foi condenado a 463 anos e 10 meses de prisão, por 19 homicídios, 1 roubo a agência lotérica e porte ilegal de armas. O vigilante foi absolvido de um homicídio.

 

Últimas Notícias

Jornalista e radialista Laerte Junior morre aos 52 anos
Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018
Intenção de investimentos da indústria cresce 4,4 pontos
Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
Anatel apreende mais de 126 mil produtos não certificados

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212