Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Congressistas pedem a Obama indulto a jovens imigrantes antes de governo Trump - Jornal Brasil em Folhas
Congressistas pedem a Obama indulto a jovens imigrantes antes de governo Trump


Um grupo congressistas americanos do partido Democrata pediram nesta quinta-feira ao presidente Barack Obama um indulto para aproximadamente 740.000 imigrantes sem documentos, temporariamente protegidos, em um sinal do crescente temor de que sejam deportados pelo próximo governo de Donald Trump.

O presidente tem uma responsabilidade, ele ofereceu-lhes este caminho, pediu-lhes que tivessem confiança e fé no governo. É o momento de o presidente atuar, disse o legislador de origem porto-riquenha Luis Gutiérrez.

Gutiérrez e outras duas legisladoras democratas da Câmara dos Representantes pedem a Obama que exerça sua autoridade constitucional de dar o perdão aos dreamers (sonhadores), tanto de maneira retroativa como prospectiva.

Na mensagem de uma página, os congressistas Zoe Lofgren, Luis Gutiérrez e Lucille Roybal-Allard pedem que Obama atue com urgência, antes que deixe o poder em 20 de janeiro de 2017.

Confiamos que levará em consideração nossa petição com a maior urgência devido à gravidade da situação, assinalaram, solicitando ao presidente que assine os indultos durante o recesso do Dia de Ação de Graças, na semana que vem.

Cerca de 740.000 jovens imigrantes sem documentos estão protegidos de serem deportados por estarem inscritos no programa Daca, criado por Obama.

A ação executiva do presidente americano outorgou a esses sonhadores, como são chamados, e a suas famílias uma permissão de trabalho e uma prorrogação da deportação, habilitando-os a se matricular na escola e na universidade, a se formar e a conseguir um emprego.

Trump, que ganhou a presidência com uma campanha contra a imigração clandestina, prometeu acabar com o Daca e, para isso, precisa apenas de sua assinatura.

Mas não poderia rever um indulto de seu antecessor, afirmaram os congressistas citando precedentes legais.

Uma fonte da Casa Branca não comentou sobre a possibilidade de indultar os jovens em situação ilegal, afirmado somente que os casos específicos não se discutem publicamente.

A fonte ressaltou, contudo, que a autoridade do presidente para conceder indultos só se estende a indivíduos que vivem legalmente no país.

O poder de clemência não poderia outorgar status legal a nenhum indivíduo sem documento, acrescentou a fonte, lembrando que o Congresso é o único com poder para outorgar regularizações migratórias.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212