Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump nega conflito de interesses entre negócios e presidência - Jornal Brasil em Folhas
Trump nega conflito de interesses entre negócios e presidência


O futuro presidente dos Estados Unidos, o magnata republicano Donald Trump, declarou nesta terça-feira (22) ao jornal The New York Times que sua presidência não será afetada por conflito de interesses, mantendo-se, contudo, evasivo sobre as medidas concretas que pretende pôr em prática neste sentido.

Em tese, poderia perfeitamente administrar meus negócios e, ao mesmo tempo, dirigir perfeitamente o país, afirmou.

Eu tinha pensando que seria necessário estabelecer algum tipo de trust, ou algo no estilo, mas não, acrescentou o presidente da Trump Organization.

Eu queria fazer algo para separar claramente essas duas atividades, limitou-se a afirmar, referindo-se aos papéis de empresário e de presidente dos Estados Unidos.

Embora reconheça que sua posição é inédita, fez questão de ressaltar que a lei não o obriga a fazê-lo.

De fato, nesse ponto, Trump se beneficia de uma regulamentação muito flexível. Nos Estados Unidos, o presidente e o vice podem combinar suas funções com atividades econômicas.

Enquanto a Constituição proíbe que as autoridades políticas recebam qualquer contribuição de uma potência estrangeira, essa disposição não impede de fazer negócios com sócios privados estrangeiros.

Falando sempre em tese, Trump explicou na terça-feira que poderá continuar assinando cheques por conta de suas empresas, mas que progressivamente vai pôr um fim nisso, sugerindo que deixará seus três filhos administrarem os negócios.

Ele admitiu ao NYT, aliás, que seus negócios vão de vento em popa desde o resultado da eleição à presidência. O Trump Hotel, seu novo palácio em Washington, é um bem que tem mais valor agora do que tinha antes, já que a marca Trump - celebrou o próprio - é mais sexy do que nunca.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212