Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Trump nega conflito de interesses entre negócios e presidência - Jornal Brasil em Folhas
Trump nega conflito de interesses entre negócios e presidência


O futuro presidente dos Estados Unidos, o magnata republicano Donald Trump, declarou nesta terça-feira (22) ao jornal The New York Times que sua presidência não será afetada por conflito de interesses, mantendo-se, contudo, evasivo sobre as medidas concretas que pretende pôr em prática neste sentido.

Em tese, poderia perfeitamente administrar meus negócios e, ao mesmo tempo, dirigir perfeitamente o país, afirmou.

Eu tinha pensando que seria necessário estabelecer algum tipo de trust, ou algo no estilo, mas não, acrescentou o presidente da Trump Organization.

Eu queria fazer algo para separar claramente essas duas atividades, limitou-se a afirmar, referindo-se aos papéis de empresário e de presidente dos Estados Unidos.

Embora reconheça que sua posição é inédita, fez questão de ressaltar que a lei não o obriga a fazê-lo.

De fato, nesse ponto, Trump se beneficia de uma regulamentação muito flexível. Nos Estados Unidos, o presidente e o vice podem combinar suas funções com atividades econômicas.

Enquanto a Constituição proíbe que as autoridades políticas recebam qualquer contribuição de uma potência estrangeira, essa disposição não impede de fazer negócios com sócios privados estrangeiros.

Falando sempre em tese, Trump explicou na terça-feira que poderá continuar assinando cheques por conta de suas empresas, mas que progressivamente vai pôr um fim nisso, sugerindo que deixará seus três filhos administrarem os negócios.

Ele admitiu ao NYT, aliás, que seus negócios vão de vento em popa desde o resultado da eleição à presidência. O Trump Hotel, seu novo palácio em Washington, é um bem que tem mais valor agora do que tinha antes, já que a marca Trump - celebrou o próprio - é mais sexy do que nunca.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212