Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Fechamento da TransAsia desencadeia vários protestos em Taiwan - Jornal Brasil em Folhas
Fechamento da TransAsia desencadeia vários protestos em Taiwan


O repentino anúncio de dissolução da companhia aérea TransAsia, do Taiwan, provocou fortes protestos de seus 1.795 funcionários e sérias preocupações nas agências de viagens.

A empresa iniciou hoje sua primeira negociação com representantes sindicais, após uma noite de protestos, e prometeu cumprir com todas suas responsabilidades.

Após o anúncio do fechamento da TransAsia, seus funcionários formaram uma nova representação sindical e protestaram na frente da sede da empresa, pedindo melhores condições do que as previstas na Lei do Trabalho para as demissões, segundo o porta-voz sindical, Pang Min-yi.

A companhia aérea apresentou um plano de demissão em massa, confirmou o Departamento de Trabalho de Taipé e, segundo seus próprios dados, seu fechamento afetará cerca de 100 mil passageiros, que devem ser compensados.

Após o anúncio na terça-feira do fechamento da companhia aérea por causa de dificuldades financeiras, seu presidente, Vincent Lin, explicou que nos dez primeiros meses de 2016, a empresa teve prejuízo de US$ 84,38 milhões.

As perspectivas para o futuro não são otimistas, tivemos que tomar a dolorosa decisão de dissolver a companhia, anunciou Lin em entrevista coletiva.

Lin disse que TransAsia tem fundos suficientes para cobrir os pagamentos aos passageiros, funcionários e fornecedores, com um capital desembolsado de mais de US$ 218,75 milhões e ativos no valor de quase US$ 156,25 milhões, superando os seus passivos.

A empresa dispõe de um fundo mútuo de US$ 37,50 milhões e espera dedicar parte desta quantia para indenizar os funcionários pela demissão e indenizar os passageiros, disse o executivo-chefe da empresa, Liu Tung-ming.

Os acidentes de 2014 e 2015 (com 91 mortos no total), a forte concorrência no setor e a queda do turismo chinês para Taiwan, são alguns dos fatores que contribuíram para o acúmulo de perdas na empresa.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212