Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


14 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Na França, Sarkozy perde primárias da centro-direita e aceita derrota - Jornal Brasil em Folhas
Na França, Sarkozy perde primárias da centro-direita e aceita derrota


Os sonhos do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy de governar mais uma vez seu país, após o fim do mandato de François Hollande, em 2017, foram destruídos. Neste domingo (20), o candidato ficou apenas com o terceiro lugar nas eleições primárias para a coalizão de centro-direita à Presidência francesa.

Sarkozy, com 20,7% dos votos, ficou atrás de dois ex-primeiros-ministros do país, François Fillon, que surpreendeu ao ter conquistado 44,1% dos votos, e Alain Juppé, que ficou com 28,74% da votação. Os dois irão para o segundo turno, que definirá quem será o candidato da coalizão de centro-direita para eleições presidenciais e que acontecerá no próximo domingo (27).

Com o resultado, o ex-presidente admitiu e aceitou a derrota e anunciou seu apoio a Fillon. Não consegui convencer a maioria dos eleitores. Respeito esta decisão. Eu parabenizo Fillon e Juppé, que são qualificados para o segundo turno, são duas grandes personalidades que honram a França.

Voto definido

Fillon é quem entendeu melhor que todo mundo os desafios que a França enfrenta. Votarei nele no segundo turno, explicou Sarkozy. O ex-presidente também agradeceu a quem votou nele afirmando que já está na hora de começar uma vida com paixões mais privadas e menos paixões públicas e dando a entender que essa derrota marca o fim da sua carreira política.

Sou francês e continuo francês, tudo o que estiver relacionado à França será de meu interesse sempre do fundo do meu coração, afirmou Sarkozy. Nenhuma amargura, nenhuma tristeza. Ele pediu aos franceses de que não se deixem seduzir pelas propostas de partidos de extrema-direita e não votem neles, referindo-se à Frente Nacional, comandado pela polêmica Marine Le Pen.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212