Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


22 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Governo destina R$ 148 milhões em convênio com os municípios - Jornal Brasil em Folhas
Governo destina R$ 148 milhões em convênio com os municípios


O governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, começa a repassar R$ 148 milhões aos municípios, em convênios. Os recursos foram liberados pelo Tesouro Estadual, garantindo a quitação dos valores necessários para o desenvolvimento de assistência plena e para a realização de procedimentos básicos e imprescindíveis de saúde para o cidadão pelas prefeituras.
Em outubro, o governador Marconi Perillo (PSDB) havia anunciado a quitação dos contratos, agora em fase de cumprimento. “É parte de nosso compromisso na promoção da saúde dos goianos, complementando os grandes investimentos que fizemos na modernização da gestão dos hospitais estaduais, com a gestão compartilhada de Organizações Sociais (OSs) e com a construção de complexos como o Hugol (Hospital de Urgências da Região Noroeste Governador Otávio Lage) e do Credeq (Centro de Excelência e Referência em Dependência Química) de Aparecida de Goiânia”, disse.
De acordo com o governo, parte desses recursos são oriundos da regularização de ativos no exterior por meio da chamada Lei da Repatriação. O secretário de Estado da Saúde de Goiás, Leonardo Vilela, frisa que o direcionamento e a priorização do aporte “mostra a sensibilidade do governador em proporcionar condições para o atendimento qualificado a um grande contingente de pessoas”.
O valor relativo à contrapartida estadual deve ser utilizado pelos municípios para o pleno funcionamento dos programas Estratégia de Saúde da Família, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Assistência Farmacêutica, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Complexo Regulador.
“O fato é histórico porque, há várias gestões, em função do contingenciamento de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), a contrapartida era repassada com bastante atraso aos municípios”, afirmou o secretário da Saúde. “Os recursos vão beneficiar a população que mora no interior goiano e que necessita cada vez mais de uma assistência à saúde universal e integral”, enfatiza Leonardo Vilela.
O secretário Leonardo Vilela ressalta que essa visão municipalista do governo estadual, com apoio importante da secretária da Fazenda Ana Carla Abraão, chega em boa hora para os municípios goianos – com as ações de combate ao Aedes e a transição de gestão das prefeituras.
“Desde que a definição tripartite do financiamento do SUS existe (com 50% de participação da União, 25% estados e 25% municípios), esse repasse sempre foi recebido com atraso”, disse Leonardo Vilela. “Fui secretário municipal de saúde de Mineiros em 1997 e sei como é importante o fechamento das contas ao final de uma gestão”, afirmou o secretário.

Celg

Depois de vários adiamentos,o leilão da Celg está conformado para o dia 30 dese mês. na esxta-feira passada, o governador Marconi Perillo recebeu os diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) André Pepitone, Reive Barros e José Jurhosa, e o vice-presidente da Celg Distribuição, Elie Chidiac, para discutir o assunto.
O governaador disse que o contrato deve estabelecer regras claras e rígidas para os investimentos na ampliação da distribuição de energia, com foco na rápida melhoria do serviço prestado à população de Goiás. Os diretores da Aneel e da Celg Par acataram as determinações de Marconi, que lembrou que a melhoria da qualidade da distribuição de energia também é a maior preocupação da Eletrobras.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212