Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Oct de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Após Fidel, vendedores de imóveis em Cuba sonham alto - Jornal Brasil em Folhas
Após Fidel, vendedores de imóveis em Cuba sonham alto


Os corretores de imóveis que passam o dia na Avenida Paseo de Martí, conhecida como Prado, em Havana, esperam que a morte de Fidel Castro leve seu irmão e sucessor Raúl a abrir mais a economia e incentivar os negócios.

Desde 2011, a compra e a venda de imóveis foi facilitada para os cubanos. Um apartamento de dois quartos sai por 15 000 cucs, a moeda conversível para turistas que quase equivale ao dólar. Em moeda brasileira, o montante daria cerca de 50 000 reais.

Apesar da pechincha, as regras são muito rígidas, o que dificulta a compra por estrangeiros. Os apartamentos só podem ser vendidos para alguém com documento de residência na ilha.

Os corretores se oferecem para resolver isso com um casamento arrumado. Por mais 4 000 cucs (14 000 reais), eles encontram uma cubana disposta a subir ao altar.

Depois da cerimônia, eles calculam que o documento de residência chegue em três meses. Então, o estrangeiro, agora meio-cubano, já poderia separar-se e tocar a vida normalmente.

As amarras burocráticas, obviamente, fazem com que os negócios não prosperem como o esperado.

“Agora que Fidel morreu, Raúl vai poder fazer o que bem entender e abrir mais a economia”, diz um dos corretores no Prado.

Outro corretor, quando entrevistado por uma finlandesa com câmera de vídeo na mão, teceu vários elogios ao ditador falecido: “Fidel ajudou Cuba a dar um salto. Ele tinha um plano na cabeça. Agora, estamos todos muito tristes com sua morte”, disse ele para a estrangeira.

 

Últimas Notícias

Premiação tem projeto de escola goiana entre os vencedores da etapa regional
Marlúcio Pereira propõe isenção de taxas para templos de cultos religiosos
Brasil tem mais de 2,5 milhões de professores
Polícia Ambiental busca jiboia desaparecida em prédio de Brasília
Justiça de Goiás bloqueia bens de Marconi Perillo e de ex-secretário
Partidos lançam frente de apoio à candidatura de Haddad
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
Polícia descobre autora de tratamento estético que matou mulher no Rio

MAIS NOTICIAS

 

Equipe de transição deve ser definida hoje à tarde, diz Caiado
 
 
ONS vai reforçar ações de segurança energética nas eleições e no Enem
 
 
Inflação medida pelo INPC sobe para 0,30% em setembro
 
 
Universidades particulares terão disciplina sobre primeira infância
 
 
Com Enem, horário de verão começa no dia 18 de novembro
 
 
Governo anuncia recursos de R$ 600 milhões para o ensino médio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212