Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Federação de Transportes Rodoviários ameaça paralisar linhas intermunicipais - Jornal Brasil em Folhas
Federação de Transportes Rodoviários ameaça paralisar linhas intermunicipais


A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) ameaçou paralisar as linhas de transporte intermunicipais após a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que obriga as empresas a continuar aceitando o sistema de Bilhete Único intermunicipal (BUI), nas mesmas condições já estabelecidas, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

As concessionárias ameaçavam suspender o benefício a partir da 0h desta segunda-feira (5). A ação cautelar foi movida pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e vale para Fetranspor, Riocard, Metro Rio, SuperVia e Barcas S/A.

A decisão, expedida pelo desembargador Alexandre Freitas Câmara, da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, atesta que apesar de as empresas reclamarem de o Estado não ter depositado R$ 8 milhões entre os dias 25 e 29, o repasse de R$ 3,3 bilhões realizado este ano pelo governo afasta o risco de inviabilizar a capacidade operacional das concessionárias e, portanto, o risco da interrupção dos serviços, segundo nota do TJ-RJ.

A Fetranspor informou que a suspensão dos repasses dos subsídios previstos no Bilhete Único Intermunicipal vai provocar a paralisação de linhas importantes do serviço intermunicipal de passageiros na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Segundo o comunicado, o Bilhete Único Intermunicipal representa, em média, 29% da receita das empresas de transporte por ônibus obtidas em transações com cartão eletrônico.

Esse percentual, segundo a concessionária, é superior ao segundo maior custo das empresas, o combustível (óleo diesel), que chega a 25% do total de despesas. O texto diz que a falta de repasse dos subsídios do Bilhete Único Intermunicipal agrava ainda mais a situação das empresas, que estão às vésperas de pagamento da segunda parcela do 13º salário (de 50%), prevista para o dia 20 deste mês, que pode não ocorrer.

A Fetranspor informa ainda que já entrou com pedido pela reconsideração da decisão da Justiça.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212