Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Federação de Transportes Rodoviários ameaça paralisar linhas intermunicipais - Jornal Brasil em Folhas
Federação de Transportes Rodoviários ameaça paralisar linhas intermunicipais


A Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) ameaçou paralisar as linhas de transporte intermunicipais após a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que obriga as empresas a continuar aceitando o sistema de Bilhete Único intermunicipal (BUI), nas mesmas condições já estabelecidas, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

As concessionárias ameaçavam suspender o benefício a partir da 0h desta segunda-feira (5). A ação cautelar foi movida pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e vale para Fetranspor, Riocard, Metro Rio, SuperVia e Barcas S/A.

A decisão, expedida pelo desembargador Alexandre Freitas Câmara, da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, atesta que apesar de as empresas reclamarem de o Estado não ter depositado R$ 8 milhões entre os dias 25 e 29, o repasse de R$ 3,3 bilhões realizado este ano pelo governo afasta o risco de inviabilizar a capacidade operacional das concessionárias e, portanto, o risco da interrupção dos serviços, segundo nota do TJ-RJ.

A Fetranspor informou que a suspensão dos repasses dos subsídios previstos no Bilhete Único Intermunicipal vai provocar a paralisação de linhas importantes do serviço intermunicipal de passageiros na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Segundo o comunicado, o Bilhete Único Intermunicipal representa, em média, 29% da receita das empresas de transporte por ônibus obtidas em transações com cartão eletrônico.

Esse percentual, segundo a concessionária, é superior ao segundo maior custo das empresas, o combustível (óleo diesel), que chega a 25% do total de despesas. O texto diz que a falta de repasse dos subsídios do Bilhete Único Intermunicipal agrava ainda mais a situação das empresas, que estão às vésperas de pagamento da segunda parcela do 13º salário (de 50%), prevista para o dia 20 deste mês, que pode não ocorrer.

A Fetranspor informa ainda que já entrou com pedido pela reconsideração da decisão da Justiça.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212