Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Governo do Rio fecha acordo na Justiça para manutenção do Bilhete Único - Jornal Brasil em Folhas
Governo do Rio fecha acordo na Justiça para manutenção do Bilhete Único


A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro fechou um acordo para a continuidade da prestação do serviço do Bilhete Único Intermunicipal pelas empresas de transporte. O acordo deverá ser homologado nas próximas 24 horas.

Pelo acordo, o governo do estado do Rio de Janeiro se compromete a pagar R$ 10 milhões para as empresas até 31 de dezembro de 2016 e, até o dia 15 de janeiro de 2017, o governo deverá quitar toda a dívida de 2016 com as concessionárias.

O acordo prevê ainda que as concessionárias terão direito, no prazo de 15 dias, de cobrar dos usuários dos transportes a tarifa cheia, sem o benefício do Bilhete Único, caso o governo do estado não pague as parcelas combinadas.

De acordo com o procurador-geral do Estado, Leonardo Espíndola, o desembargador Alexandre Câmara exerceu um papel fundamental na mediação e na conciliação dos conflitos envolvidos, permitindo a manutenção do Bilhete Único, que é um programa que contribuiu de forma decisiva na melhoria de vida de milhões de moradores da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo o secretário estadual de Transportes, Rodrigo Vieira, a manutenção da operação do Bilhete Único, mesmo no momento mais grave da crise financeira, é a garantia do direito de ir e vir da população utilizando esse benefício.

Suspensão do benefício

A CCR Barcas, a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (que representa as empresas de ônibus), o MetrôRio e a SuperVia anunciaram a suspensão do benefício no dia 2 de dezembro quando o governo do Rio não cumpriu a promessa de quitar uma dívida de R$ 10 milhões com as concessionárias de transporte por falta de repasses dos subsídios do programa. As concessionárias suspenderiam o programa que beneficia 5,3 milhões de usuários a partir do dia 5 de dezembro.

No dia 4, a juíza Andréia Florêncio Berto, do Plantão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro determinou que as concessionárias continuassem continuem aceitando o Bilhete Único, sob pena de multa de R$ 500 mil por dia de descumprimento da decisão judicial. A ação cautelar foi movida pela Procuradoria Geral do Estado (PGE).

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212