Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Lacen apresenta resultados de 2016 e perspectivas para 2017 - Jornal Brasil em Folhas
Lacen apresenta resultados de 2016 e perspectivas para 2017


O Laboratório de Saúde Pública Giovanni Cysneiros (Lacen) realiza nesta quinta-feira, dia 15, confraternização dos servidores e colaboradores, com a apresentação dos resultados de 2016 e as perspectivas para 2017. As apresentações serão em dois horários: às 8h30 e às 14 horas.

A diretora do laboratório, Maria Bárbara Helou, explica que foram destaque, desse ano, as reformas e ampliações da estrutura física do Lacen, os investimentos financeiros em insumos e equipamentos, os investimentos realizados na capacitação e no desenvolvimento dos colaboradores.

“Também tivemos muito êxito nos programas da área de biologia médica, em parceria com o Ministério da Saúde, e no desenvolvimento dos programas da área de produtos e ambiente, incluindo a análise de alimentos, medicamentos e água para o consumo humano”, acrescenta.

A diretora acredita que 2017 será um ano de muito trabalho e continuidade, com o aperfeiçoamento e ampliação dos programas já existentes. A confraternização também terá momentos de reflexão e fé, com cultos ecumênicos com as presenças de representantes das três principais religiões cristãs (católica, espírita e evangélica).

Zika
Em dezembro, o Lacen passou a realizar o teste imunoenzemático – Mac Elisa – na fase aguda do zika, quando os sintomas se manifestam de forma incisiva. Com a nova metodologia, o Lacen dobrou a capacidade mensal de realizar exames da doença, passando de 120 para até 240.

A grande importância em se implantar o Mac Elisa é que ele possibilita a testagem, em períodos mais longos. Ele pode ser realizado em amostras coletadas, em até 90 dias, após o início dos sintomas. “Isso amplia a atual faixa de diagnóstico da infecção por zika realizada por testes moleculares, que detectam o vírus apenas nos primeiros dias da doença”, diz a coordenadora da Área de Biologia Médica do Lacen, Carmen Ramos. A nova metodologia beneficia principalmente as pessoas que moram longe de Goiânia.

 

Últimas Notícias

Sul e Sudeste se unem e formam consórcio para ações conjuntas
Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
Feiras em São Paulo oferecem oportunidades de intercâmbio no exterior
Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212