Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 No Rio, Lixeira Parade chama atenção para o descarte correto de lixo - Jornal Brasil em Folhas
No Rio, Lixeira Parade chama atenção para o descarte correto de lixo


O movimento Rio Eu Amo Eu Cuido instituiu, a partir deste mês, a Lixeira Parade, nos moldes da exposição internacional de arte pública Cowparade, em que esculturas de vacas, decoradas por artistas locais, são apresentadas nas principais cidades do mundo.

A ideia da iniciativa brasileira é chamar a atenção para o problema do lixo urbano de forma inusitada, disse hoje (20) Ana Lycia Gayoso, uma das coordenadoras do movimento. Papeleiras da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) foram pintadas por artistas conhecidos do mundo da grafite carioca e instaladas em áreas de grande circulação da cidade. Ao todo, são 50 papeleiras e dez contêineres de praia, que podem ser encontrados em bairros das zonas norte, sul, oeste e no centro do Rio de Janeiro.

Os grafiteiros, que já fazem outras ações com arte urbana para o Rio Eu Amo Eu Cuido, tiveram liberdade para decorar as lixeiras a seu gosto. A provocação, segundo Ana Lycia, tem dado resultado. O público pára para observar a lixeira. “Algo que era invisível ganha um novo sentido, um novo significado”.

Trata-se de um trabalho de conscientização das pessoas, sendo moradores ou visitantes da cidade, para o descarte correto do lixo. O problema se agrava no verão, diz Ana Lycia. “É a estação com maior índice de lixo fora do lugar, descartado incorretamente, não só deixado nas praias mas, principalmente, nas vias, com as pessoas circulando pela cidade”.

O lixo urbano é, ainda, um dos principais motivos para o alagamento das ruas, quando ocorrem as tradicionais chuvas de verão, causadoras de enchentes, por isso, segundo Ana Lycia, é importante a iniciativa do Rio Eu Amo Eu Cuido para o Rio de Janeiro, que tem uma vocação turística, com praias que no verão são muito utilizadas e a cidade tende a ficar mais suja. Isso diz respeito ao comportamento das pessoas. Uma das bandeiras da limpeza urbana é, justamente, falar sobre o comportamento do cidadão e induzi-lo a fazer a sua parte, disse a coordenadora.

O objetivo é “puxar a orelha das pessoas, não de maneira chata, mas descontraída e legal”, influenciando a ambiência dos locais públicos. O recado é mostrar a lata de lixo de forma colorida, artística e até lúdica. Além da grafitagem, que desperta a curiosidade da população, as lixeiras trazem uma mensagem em adesivos que sugere “Agora que você reparou, jogue lixo no lugar certo”.

 

Últimas Notícias

Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar
Conselho Europeu aceita prorrogar saída do Reino Unido para maio

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212