Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


11 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 No Rio, Lixeira Parade chama atenção para o descarte correto de lixo - Jornal Brasil em Folhas
No Rio, Lixeira Parade chama atenção para o descarte correto de lixo


O movimento Rio Eu Amo Eu Cuido instituiu, a partir deste mês, a Lixeira Parade, nos moldes da exposição internacional de arte pública Cowparade, em que esculturas de vacas, decoradas por artistas locais, são apresentadas nas principais cidades do mundo.

A ideia da iniciativa brasileira é chamar a atenção para o problema do lixo urbano de forma inusitada, disse hoje (20) Ana Lycia Gayoso, uma das coordenadoras do movimento. Papeleiras da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) foram pintadas por artistas conhecidos do mundo da grafite carioca e instaladas em áreas de grande circulação da cidade. Ao todo, são 50 papeleiras e dez contêineres de praia, que podem ser encontrados em bairros das zonas norte, sul, oeste e no centro do Rio de Janeiro.

Os grafiteiros, que já fazem outras ações com arte urbana para o Rio Eu Amo Eu Cuido, tiveram liberdade para decorar as lixeiras a seu gosto. A provocação, segundo Ana Lycia, tem dado resultado. O público pára para observar a lixeira. “Algo que era invisível ganha um novo sentido, um novo significado”.

Trata-se de um trabalho de conscientização das pessoas, sendo moradores ou visitantes da cidade, para o descarte correto do lixo. O problema se agrava no verão, diz Ana Lycia. “É a estação com maior índice de lixo fora do lugar, descartado incorretamente, não só deixado nas praias mas, principalmente, nas vias, com as pessoas circulando pela cidade”.

O lixo urbano é, ainda, um dos principais motivos para o alagamento das ruas, quando ocorrem as tradicionais chuvas de verão, causadoras de enchentes, por isso, segundo Ana Lycia, é importante a iniciativa do Rio Eu Amo Eu Cuido para o Rio de Janeiro, que tem uma vocação turística, com praias que no verão são muito utilizadas e a cidade tende a ficar mais suja. Isso diz respeito ao comportamento das pessoas. Uma das bandeiras da limpeza urbana é, justamente, falar sobre o comportamento do cidadão e induzi-lo a fazer a sua parte, disse a coordenadora.

O objetivo é “puxar a orelha das pessoas, não de maneira chata, mas descontraída e legal”, influenciando a ambiência dos locais públicos. O recado é mostrar a lata de lixo de forma colorida, artística e até lúdica. Além da grafitagem, que desperta a curiosidade da população, as lixeiras trazem uma mensagem em adesivos que sugere “Agora que você reparou, jogue lixo no lugar certo”.

 

Últimas Notícias

Jornalista e radialista Laerte Junior morre aos 52 anos
Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda
Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
Receita libera hoje consulta a sétimo lote de restituição do IR 2018
Intenção de investimentos da indústria cresce 4,4 pontos
Mercado reduz estimativa de inflação pela sétima vez
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
Anatel apreende mais de 126 mil produtos não certificados

MAIS NOTICIAS

 

Novo crediário para cartão é estudado para 2019, diz Febraban
 
 
Demanda por bens industriais cresce 0,3% em outubro
 
 
Diálogo Brasil debate projeto Escola sem Partido
 
 
Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social
 
 
Polícia e MP de Goiás vão apurar denúncias contra médium João de Deus
 
 
ONG homenageia policiais militares mortos no estado do Rio

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212