Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


18 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Funcionários da Embraer aprovam suspensão de contrato de trabalho - Jornal Brasil em Folhas
Funcionários da Embraer aprovam suspensão de contrato de trabalho


Os metalúrgicos da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), em São José dos Campos, aprovaram em duas assembleia hoje (20), pela manhã e à tarde, a proposta de layoff (suspensão do contrato de trabalho) apresentada pela empresa. Serão 1.080 trabalhadores que terão seus contratos suspensos, em sistema de rodízio, ao longo de dois anos.

O layoff abrangerá o setor de produção e será feito por grupos. Por esse sistema, o contrato de trabalho é suspenso temporariamente, mas o empregado continua a receber o salário.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, serão 600 trabalhadores divididos em 12 turmas de 50, da área de aviação comercial; da área de montagem da aviação executiva, serão 480 funcionários divididos em oito turmas de 60. Cada grupo permanecerá em casa por até cinco meses.

Estabilidade

O sindicato informou ainda os funcionários que estiverem em layoff receberão uma bolsa, paga pelo governo federal, de R$ 1.573, e terão estabilidade no emprego pelo período em que permanecerem com o contrato suspenso, mais três meses após o retorno à fábrica. A previsão é que o programa comece a ser aplicado a partir de janeiro.

Segundo o sindicato, a diferença entre essa bolsa e o salário do metalúrgico ficará sob responsabilidade da Embraer, garantindo o rendimento integral aos funcionários. Todos também terão direito ao 13º salário, participação em lucros e resultados e o reajuste salarial previsto na Convenção Coletiva.

“No último ano, a Embraer envolveu-se em corrupção e tentou jogar a conta nas costas dos trabalhadores, com demissões e achatamento de salários. O layoff é mais uma forma adotada pela empresa para economizar. Mas o sindicato vai exigir que o governo federal adote uma postura mais firme contra essa política da Embraer e garanta estabilidade de emprego para todos”, disse o vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Herbert Claros da Silva.

 

Últimas Notícias

Bolsonaro terá uma série de reuniões na próxima semana em Brasília
Com pênalti controverso, Brasil vence Uruguai por um a zero
Brasil está preparado para substituir médicos cubanos, afirma Temer
Chega a quatro número de vítimas das chuvas em Belo Horizonte
Estudantes poderão renovar o Fies até o dia 23
Massoterapeuta Dani Bumbum deixa prisão no Rio
Cervejas terão rótulos com os ingredientes usados na fabricação
Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida

MAIS NOTICIAS

 

Morre em Pelotas o criador da camisa canarinho, Aldyr Schlee
 
 
Brasil concentrou 40% dos feminicídios da América Latina em 2017
 
 
Jungmann e Toffoli anunciam sistema para unificar processos de presos
 
 
Pensamento liberal deve guiar a equipe econômica de Bolsonaro
 
 
Gold3-4 minutosfajn permanecerá à frente do BC até Senado aprovar Campos Neto
 
 
Senado argentino aprova orçamento de 2019 como prometeu ao FMI

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212