Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Abr de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Mudanças na Lei Geral de Telecomunicações podem ser sancionadas este ano - Jornal Brasil em Folhas
Mudanças na Lei Geral de Telecomunicações podem ser sancionadas este ano


O projeto de lei que muda a Lei Geral de Telecomunicações poderá ser sancionado pelo presidente Michel Temer ainda este ano. “O governo tem o maior interesse, havendo condições jurídicas de sancionar, será o mais rápido possível”, disse hoje (20) o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Como a Mesa Diretora do Senado não aceitou os recursos apresentados para que a proposta fosse analisada pelo plenário, a matéria pode ir direto para sanção presidencial. Kassab acredita que não haverá vetos do governo ao projeto. “A proposta foi discutida à exaustão. Eu estou muito tranquilo de que é uma boa lei. É bom para o país. Haverá investimentos e haverá uma sensível melhoria na qualidade dos serviços prestados”, disse o ministro.

O projeto foi aprovado no dia 6 de dezembro na Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional do Senado, mas na última sexta-feira (16) um recurso foi protocolado junto à Mesa Diretora do Senado para que a discussão fosse estendida ao plenário do Senado. No entanto, por questões regimentais, a Mesa negou ontem (19) o recebimento do recurso. A expectativa do Ministério de Ciência e Tecnologia é que a cerimônia de sanção da proposta seja feita na semana que vem.

Mudanças

Uma das principais alterações é a que permite a adaptação da modalidade de outorga do serviço de telefonia fixa de concessão para autorização, mediante solicitação da concessionária. Segundo a proposta aprovada, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai deliberar sobre o pedido mediante o cumprimento de requisitos específicos, como a garantia da prestação de serviço em áreas sem concorrência e a continuidade dos contratos já assumidos.

Atualmente, as concessões de telefonia fixa impõem obrigações para as empresas, como universalização dos serviços e instalação de orelhões. Com a mudança, as empresas não terão mais tais obrigações. No setor de telecomunicações, as autorizações já valem para os setores de telefonia móvel, internet e TV por assinatura. Algumas empresas também oferecem serviço de telefonia fixa por meio de autorizações.

Anatel

Kassab participou hoje da cerimônia de posse do novo conselheiro da Anatel, Leonardo Euler. Para Euler, as novas regras para o setor de telecomunicações vão permitir ao Brasil superar entraves e promover a expansão da banda larga em áreas com menor atratividade econômica.

Leonardo Euler é o primeiro servidor de carreira da agência a compor o Conselho Diretor da Anatel. Ele é especialista em regulação e foi chefe da Assessoria Técnica da Anatel. O novo conselheiro é formado em ciências econômicas e mestre em economia pela Universidade de Brasília (UnB). O nome de Euler foi aprovado no plenário do Senado na semana passada.

 

Últimas Notícias

Ex-presidente do Peru tenta se matar ao receber ordem de prisão
Ex-presidente do Peru está em estado grave após tentativa de suicídio
Governo argentino lança pacote de medidas para combater inflação
PRF apreende no Rio 300 mil maços de cigarros contrabandeados
Famílias de baixa renda de Brumadinho recebem auxílio emergencial
Governo autoriza uso da Força Nacional para segurança na Esplanada
Chega a 18 número de mortos no desabamento no Rio de Janeiro
Fachin pede manifestação de Moraes sobre inquérito de fake news

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - EXPEDIENTE