Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Investimentos realizados em 2016 nas áreas da Educação, Cultura e Esporte serão mantidos - Jornal Brasil em Folhas
Investimentos realizados em 2016 nas áreas da Educação, Cultura e Esporte serão mantidos


A Secretaria da Educação, Cultura e Esporte (Seduce) vai manter no ano que vem, de todos os investimentos realizados em 2016. A garantia é da secretária Raquel Teixeira, ao apresentar à imprensa goiana o Relatório de Gestão 2016.

“O Fundo de Arte e Cultura está assegurado, a Lei Goyazes assegurada, o Pró-Esporte, o Pró-Atleta, enfim, todos os projetos e programas existentes nas áreas da Educação, da Cultura e do Esporte estão assegurados e com implementos. Na Educação, por exemplo, estamos implantando as escolas em tempo integral e aprimorando nosso sistema de avaliação”, informou a secretária ao apresentar o balanço anual da Secretaria.

A secretária classificou como extremamente positiva a conclusão do seu segundo ano à frente da Seduce. Elogiou a iniciativa visionária do governador Marconi Perillo de reunir as três áreas em uma pasta só, o que proporcionou uma melhor administração dos recursos públicos. “Essa junção permitiu uma economia na área meio e a canalização dos recursos disponíveis para as áreas fim. Isso significou muito para o aluno, o artista e o atleta”, disse ao frisar que esta é a principal meta.

Raquel informou que foram investidos cerca de R$ 500 milhões este ano. “Quando a gente fala em números a gente não tem noção do impacto disso na vida da pessoa. Nós, da Seduce, lidamos com números porque eles são necessários, mas a gente transforma cada número, cada real, em resultados. E é isso que nos importa, saber o que cada ação traz de impacto na vida da pessoa”.

lei-goyazes2Questionada sobre as expectativas para o ano que vem, tendo em vista a crise econômica pela qual o país atravessa, Raquel garantiu que todos os investimentos serão mantidos. “O Fundo de Arte e Cultura está assegurado, a Lei Goyazes assegurada, o Pró-Esporte, o Pró-Atleta, enfim, todos os projetos e programas hoje existentes nas áreas da Educação, da Cultura e do Esporte estão assegurados e com implementos. Na Educação, por exemplo, estamos implantando as escolas em tempo integral e aprimorando nosso sistema de avaliação”.

Educação
A secretária confirma que o modelo de gestão compartilhada com Organizações Sociais na Educação já está em fase de implantação em 23 escolas ligadas à Subsecretaria de Anápolis. Disse que desde o mês de outubro a OS vencedora do chamamento, Gestão Transparência e Resgate Social (GTR), tem realizado um trabalho de aproximação da comunidade escolar. “Acho que esse modelo já é um sucesso. Hoje várias subsecretárias me procuram, porque querem implantar as OSs também nas suas regionais”, comentou.

A rede pública estadual também trabalha na ampliação do número de escolas em tempo integral, um projeto recente do governo federal de reformar o Ensino Médio. Raquel informou que acompanhou em Brasília a assinatura do termo que permite o repasse dos recursos aos estados para implementação dessas escolas e também de cursos técnicos. “Vamos começar o ano que vem com 21 novas escolas em tempo integral. E trazer a formação técnica para dentro do Ensino Médio como uma das trajetórias possíveis de aprendizagem é um avanço que vai garantir um nível de empregabilidade melhor para os jovens e a formação de profissionais mais bem qualificados”, opinou.

Outro avanço lembrado pela professora Raquel diz respeito aos projetos desenvolvidos na área pedagógica. A Avaliação Dirigida Amostral (ADA), que acompanha bimestralmente a aprendizagem dos alunos, e ações deescolatempointegral preparação para o Enem – que alcançaram mais de 44 mil alunos – foram citados. “Inovamos com todos esses mecanismos. Esse ano, pela primeira vez, mais de 80% dos estudantes participaram do Saego, nosso sistema de avaliação”, lembrou.

Sobre a infraestrutura física, que inclui a construção e reforma de escolas e quadras esportivas, a Seduce investiu cerca de R$ 192 milhões. Os recursos para aquisição de novos equipamentos giraram em torno de R$ 22 milhões, com a compra de 26.369 jogos escolares, 1.030 computadores, 200 notebooks, 50 salas modulares, 50 ônibus escolares, entre outros.

Cultura
fica2016raquel

Os tradicionais festivais culturais aconteceram e, como destacou a secretária, com uma qualidade inquestionável. O Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2016) e o Canto da Primavera 2016 foram responsáveis por atrair um público de 55 mil pessoas nas cidades de Goiás e Pirenópolis.

“A qualidade se consolida. O mundo todo fala do Fica, o Canto foi um sucesso de público. A nossa certeza é que 2017 será ainda melhor”, celebrou.

Esporte
Ao se lembrar das ações desenvolvidas na área do Esporte, Raquel Teixeira citou o sucesso do 15º Campeonato Mundial Universitário de Futsal, que ocorreu em julho e reuniu atletas de 16 países. Sobre atletas de alto rendimento, são R$ 6,5 milhões destinados ao Pró-Esporte e R$ 3 milhões ao Pró-Atleta, programas de incentivo que abrangem centenas de beneficiados.

A Seduce também abriu caminho para os aspirantes a atletas com projetos inclusivos. A Iniciação Esportiva, traz o esportegovernadorbalanço anual, ofereceu aulas gratuitas em diversas modalidades a cerca de 8 mil alunos, de crianças a idosos. “Já a Rua do Lazer é uma caravana itinerante que leva uma estrutura para prática esportiva a diversos municípios. Foram pelo menos 100 cidades visitadas esse ano. A aquisição de material esportivo para os programas custou cerca de R$ 4,5 milhões”, disse a Secretária.

Para contemplar o interior goiano, também foi anunciado um termo de cooperação com municípios para a construção de 50 campos de futebol society. As obras são avaliadas em R$ 7,5 milhões.

 

Últimas Notícias

Presidente Díaz-Canel defende trabalho de médicos cubanos no Brasil
Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos
CFM afirma que há médicos suficientes para atender Brasil
Associação lança projeto para conscientizar população sobre diabetes 2
Transposição do S. Francisco está na pauta de prioridades da transição
Temer inaugura primeira etapa do acelerador de elétrons Sirius
Temer diz que decidirá “lá na frente” reajuste de ministros do STF
Só um governador do Nordeste participa de encontro em Brasília

MAIS NOTICIAS

 

Volume de vendas do varejo cai 1,3% em setembro
 
 
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
 
 
Prefeitos e secretários pedem para manter cubanos no Mais Médicos
 
 
Em depoimento, Lula nega que é dono de sítio em Atibaia
 
 
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 33 milhões no próximo sorteio
 
 
Enem: estudantes fazem hoje prova de matemática e ciências da natureza

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212