Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


13 de Nov de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Seiscentas famílias quilombolas receberam benefícios do Governo do Estado em 2016 - Jornal Brasil em Folhas
Seiscentas famílias quilombolas receberam benefícios do Governo do Estado em 2016


Mais de 600 famílias quilombolas foram beneficiadas em 2016 graças à assinatura de convênios entre o Governo de Goiás, por meio da Secretaria Cidadã e da Agência Goiana de Habitação (Agehab), e a Caixa Econômica Federal para atendimento emergencialmente. Em fevereiro deste ano, a enchente do Rio Prata derrubou total ou parcialmente as casas de 112 pessoas da comunidade kalunga de Cavalcante, no Nordeste goiano. A maioria das construções era feita de adobe, em condições precárias.

A assinatura do convênio ocorreu em abril. Em maio e junho deste ano, o governador Marconi , a secretária Cidadã e o presidente da Agehab entregaram os cheques reformas nas Comunidades Quilombola Kalunga do Engenho 2 em Cavalcante, Monte Alegre, Teresina, Alto Paraíso, Niquelândia, Rufino Francisco, e Flores de Goiás. Entre os benefícios, foram entregues 300 Cheques Mais Moradia Reforma e assinados ofícios autorizando 300 Cheques Construção.

Reformar e construir moradias para famílias de Comunidades Tradicionais do Estado de Goiás (quilombolas, ciganos, povos de terreiro), é o objetivo dos programas pabitacionais: Cheque Mais Moradia da Agehab e Minha Casa Minha Vida, da Caixa Econômica Federal.

O Programa Mais Moradia Construção é realizado através do Programa Minha Casa Minha Vida para Comunidades Tradicionais da Caixa Econômica Federal, com contrapartida financeira da Agência Goiana de Habitação (Agehab), complemento este para melhorar a estrutura física e qualidade da casa.

A Secretaria Cidadã atua na articulação junto às associações quilombolas para a entrega da documentação para o calungacadastramento de todas as famílias para recebimento dos Cheques Reforma, e trata da formalização do recebimento do benefício para construção das casas e reuniões técnicas para selecionar as famílias.

Além disso, a Secretaria Cidadã realiza a capacitação de líderes quilombolas, faz adesão ao Sistema Nacional de Promoção e Igualdade Racial (Sinapir); e implanta o projeto rede criativa, que fomenta a inclusão e pré-incubação de empreendimentos econômicos criativos nas comunidades quilombolas de Goiás.

Medidas
Em março deste ano, durante reunião com membros de associações de comunidades quilombolas, o Governo de Goiás se comprometeu com as seguintes medidas:
Criação do Comitê Estadual de Políticas Públicas
- 300 Cheques Mais Moradia;
- 300 Cheques Mais Moradia (reforma);
- 2 pontes sobre o Rio Capivara (Comunidade do Engenho);
- Recuperação de trechos da GO-241;
- Duas balsas para travessia do Rio Paranã e Prata;
- Seis canoas e seis motores de popa para as comunidades de Cavalcante e Teresina;
- 12 motos para agentes de saúde de Teresina e Monte Alegre;
- Três ambulâncias para Cavalcante, Teresina e Monte Alegre;
- Acompanhamento das mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade e violência;
- Ampliação do atendimento da OVG às comunidades quilombolas.

Saiba mais
Goiás possui hoje 33 comunidades certificadas pela Fundação Palmares em 28 municípios. O Estado tem o maior quilombo em extensão territorial do Brasil, uma área com mais de 250 mil hectares de Cerrado. Somadas, as comunidades quilombolas reúnem uma população de cerca de 5 mil habitantes.

História
Com identidade e cultura própria, as comunidades dos quilombolas estão diretamente relacionadas à história da ocupação do território brasileiro. Os quilombos surgiram a partir do início do ciclo da mineração no Brasil, quando a mão de obra dos escravos passou a ser utilizada nas minas de ouro, espalhadas pelo interior do País.

Com as dificuldades do trabalho na mineração e as péssimas condições de vida dos escravos, as fugas eram frequentes para o interior do Brasil, em lugares cada vez mais isolados, os chamados Vãos, dando origem aos quilombos.

 

Últimas Notícias

Nordeste perdeu 1 milhão de trabalhadores no campo de 2012 para 2017
IBGE prevê em 2019 safra de grãos 0,2% menor que a de 2018
Safra de grãos pode chegar a 238,3 milhões de toneladas, diz Conab
Banco do Brasil tem lucro de 14,3% no terceiro trimestre
Percentual de inadimplentes recua em outubro, diz CNC
Boletos vencidos de todos os tipos serão pagos em qualquer banco
Leonardo de Morais toma posse na presidência da Anatel
Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

MAIS NOTICIAS

 

No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes
 
 
Bolsonaro reafirma, no Congresso, compromisso com a Constituição
 
 
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis
 
 
Governo de transição dividiu trabalhos por temas em dez frentes
 
 
Para ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
 
 
Bolsonaro e Temer iniciam hoje formalmente governo de transição

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212