Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Odebrecht é expulsa da Câmara Colombiana da Infraestrutura - Jornal Brasil em Folhas
Odebrecht é expulsa da Câmara Colombiana da Infraestrutura


A Câmara Colombiana da Infraestrutura (CCI) tomou nesta segunda-feira a decisão de expulsar do grêmio a construtora brasileira Odebrecht, envolvida em um caso de subornos.

Em comunicado, a CCI solicitou ao governo, assim como à procuradoria e à controladoria, que liderem, com toda decisão e energia, uma grande cruzada nacional para combater e erradicar o fenômeno corrosivo da corrupção na contratação.

Nesse sentido, disseram que esse fenômeno está relacionado em parte com a ingerência perniciosa de alguns setores políticos nos processos contratuais.

Segundo documentos publicados no último dia 21 de dezembro pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a Odebrecht pagou aproximadamente US$ 788 milhões em subornos em 12 países de América Latina e África, entre eles a Colômbia, onde teria repassado mais de US$ 11 milhões entre 2009 e 2014.

No dia 12 de janeiro as autoridades colombianas detiveram Gabriel García Morales, vice-ministro de Transporte durante o governo do ex-presidente Álvaro Uribe (2002-2010), por seu suposto envolvimento no caso.

Um primeiro pagamento de US$ 6,5 milhões foi feito aparentemente a García Morales para conseguir a adjudicação da concessão do trecho dois da Ruta del Sol, via que comunica o interior do país com a costa atlântica.

Depois de 11 horas de audiência, o ex-vice-ministro aceitou ontem as acusações de suborno, realização indevida de contratos e enriquecimento ilícito, e foi transferido à prisão La Picota, de Bogotá.

Em comunicado, a Procuradoria Geral da Nação detalhou que foi efetuado um segundo pagamento, de US$ 4,6 milhões, para a adjudicação da via Ocaña-Gamarra, no nordeste colombiano.

Por este fato foi detido no sábado passado o ex-congressista Otto Nicolás Bula Bula.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212