Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


24 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Conselheira de Trump acusada de plágio recusa cargo no governo - Jornal Brasil em Folhas
Conselheira de Trump acusada de plágio recusa cargo no governo


A comentarista conservadora Monica Crowley, escolhida por Donald Trump para ser porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, anunciou nesta segunda-feira que não aceitará o cargo na Casa Branca, após denúncias de plágio.

Ao final de uma longa reflexão, decidi permanecer em Nova York para buscar outras oportunidades e não ocuparei qualquer posto na nova administração, revelou Crowley, escritora e comentarista da Fox News, em comunicado publicado pelo Washington Times.

Sinceramente gostei de ter sido convidada para integrar a equipe do presidente Trump e seguirei apoiando com entusiasmo ele e sua agenda para a renovação dos EUA.

O futuro conselheiro de Segurança Nacional, Michael Flynn, confirmou o anúncio e desejou a Crowley o melhor no futuro.

Descrita como uma intelectual reconhecida, com doutorado em Relações Internacionais, Crowley foi nomeada por Trump em 15 de dezembro passado para o cargo de conselheira de comunicação estratégica do Conselho de Segurança Nacional, um posto-chave da Casa Branca.

Mas em 7 de janeiro, a rede de televisão CNN divulgou dezenas de trechos plagiados no livro de Crowley What the (Bleep) Just Happened, publicado em 2012 pela editora HarperCollins, que o retirou de circulação dias depois.

Posteriormente, o site Politico.com revelou outro plágio de Crowley, em sua tese de doutorado, concluída no ano 2000 na Universidade de Columbia (Nova York) sobre as relações diplomáticas entre Estados Unidos e China.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212