Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Plano de ajuste fiscal do Rio deve ser concluído semana que vem, diz Meirelles - Jornal Brasil em Folhas
Plano de ajuste fiscal do Rio deve ser concluído semana que vem, diz Meirelles


As negociações para o ajuste fiscal no estado do Rio de Janeiro deverão ser concluídas na próxima segunda-feira (23), disse hoje (16) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, ele disse que o governo federal está aberto a discutir medidas de ajuste com qualquer estado em dificuldade financeira, mas deu a entender que poucos estados precisem recorrer a essas renegociações.

“É um ajuste fiscal sério [no caso do Rio de Janeiro]. Não tenho certeza de que muitos estados precisem fazer isso”, disse o ministro em entrevista a jornalistas na Suíça, cujo áudio foi publicado na página do ministério na internet.

O ministro voltará ao Brasil quinta-feira (19) para continuar as negociações com o Rio de Janeiro. Estado que decretou calamidade financeira em junho do ano passado e enfrenta dificuldades para honrar compromissos com fornecedores e pagar salários de servidores públicos.

Evento que reúne empresários e representantes de governo de todo o planeta, o Fórum Econômico Mundial segue até sábado (21), em Davos.

De acordo com Meirelles, os indicadores mostram que a economia brasileira está se recuperando e deve voltar a crescer ainda no primeiro trimestre. O ministro disse esperar que o Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) chegue ao quarto trimestre crescendo 2% em relação ao quarto trimestre de 2016.

A projeção é inferior à apresentada por Meirelles em café da manhã com jornalistas no fim do ano passado. Na ocasião, ele estimara em 2,8% o crescimento do PIB na mesma base de comparação.

Oficialmente, a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda ainda projeta expansão de 1% para o PIB em 2017, na comparação que considera o ano inteiro, não apenas trimestre por trimestre. No último Relatório de Inflação, divulgado no fim de dezembro, o Banco Central revisou a projeção de crescimento da economia para 0,8%.

As instituições financeiras estimam alta de 0,58%, segundo o Boletim Focus, pesquisa semanal divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central. No entanto, em relatório divulgado também hoje, o Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou, de 1,5% para 0,2%, a previsão de crescimento para o PIB brasileiro neste ano.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212