Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Polícia alemã desmantela grupo que planejava ataques contra refugiados - Jornal Brasil em Folhas
Polícia alemã desmantela grupo que planejava ataques contra refugiados


A Polícia alemã anunciou nesta quarta-feira (25) que desmantelou um grupo de extrema-direita suspeito de planejar ataques antissemitas contra refugiados e policiais. As informações são da Agência France Presse.

A operação, que mobilizou cerca de 200 agentes, aconteceu simultaneamente em várias regiões do país, incluindo na capital, Berlim, com buscas em uma dezena de casas, segundo informou a procuradoria federal antiterrorista alemã.

O alvo eram seis suspeitos de serem os membros fundadores de um pequeno grupo disposto a realizar ações violentas. Dois deles foram colocados em prisão preventiva.

Um comunicado da procuradoria indica que eles são suspeitos desde 2016 de planejar ataques armados contra a polícia e representantes do governo, requerentes de asilo e membros da comunidade judaica.

Explosivos, uma grande quantidade de munição e armas foram encontradas. A Justiça reconheceu, no entanto, não dispor de elementos concretos sobre a preparação iminente de um ataque.

Reichsbürger

O grupo alvo é próximo do movimento Reichsburger (cidadãos do Reich alemão), nostálgicos da Alemanha imperial de antes de 1914 para uns e do Terceiro Reich de Adolf Hitler para outros, composto por milhares de pessoas.

O grupo reúne uma multidão heterogênea de neonazistas, adeptos da teoria da conspiração e até mesmo esotéricos.

Existe uma proximidade ideológica evidente entre as pessoas cujas residências foram revistadas nesta quarta-feira e este movimento, indicou a procuradoria.

Vigiado há tempos, o Reichsbürger ficou conhecido por se recusar a reconhecer a administração alemã, recolher impostos, contribuir para a previdência social e pagar multas.

De acordo com fontes próximas à investigação, alguns membros do grupo chamam uns aos outros de druidas [sacerdote celta, de grande influência política] celtas

Um deles em particular, com cerca de 60 anos, proclamava na internet atos de violência contra muçulmanos e judeus.

Essas ameaças passaram a ser levadas a sério pelas autoridades, principalmente após uma série de assassinatos de caráter racista nos anos 2000 por um grupo neonazista.

De acordo com a Inteligência interna alemã, o movimento do Reichsbürger tem atualmente cerca de 10 mil membros.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212