Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Jan de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Gustavo Mendanha: Vamos acelerar ainda mais o desenvolvimento de Aparecida - Jornal Brasil em Folhas
Gustavo Mendanha: Vamos acelerar ainda mais o desenvolvimento de Aparecida


Os primeiros 30 dias do prefeito Gustavo Mendanha à frente do Executivo municipal foram marcados pela articulação de projetos em Brasília (DF) – junto a ministérios e outros organismos de financiamento – que beneficiem os moradores de Aparecida, pela formalização de parcerias que também resultem em ações concretas – como no caso da Saneago e Polícia Civil -, pela manutenção do diálogo com setor produtivo e demais segmentos da sociedade e, principalmente, pelo contato direto com a população. “Disso, eu não abro mão”, enfatiza o prefeito.

Gustavo tomou posse no dia 1º de janeiro, com sua equipe de auxiliares completa – fez o anúncio dos nomes ao final do evento realizado no Atlanta Music Hall e, no dia seguinte, liderou a primeira reunião de trabalho com seu secretariado. “Somos uma grande equipe, tenho pessoas muito competentes ao meu lado”, diz.

Desde então, o prefeito já tem em mãos a relação de todos os projetos em andamento na administração municipal; a lista dos que serão prioritários na sua gestão; e a quantidade de recursos já garantidos para alguns deles. “Vamos acelerar o progresso desta cidade”.

O prefeito deu início à sua administração ciente de toda a real situação da prefeitura – o ex-prefeito Maguito Vilela deixou recursos em caixa da ordem de R$ 80 milhões. A folha do mês de janeiro foi quitada no último dia 31 permitindo aos servidores que o saque fosse feito já no dia 1º de fevereiro. E mais 60 novos guardas civis municipais foram convocados por Gustavo Mendanha para integrar a corporação a partir de agora.

O quadro positivo das contas públicas poupou-lhe tempo e permitiu que, em sua agenda, houvesse espaço para receber prefeitos e vice-prefeitos de outras cidades goianas que aqui vieram em busca de expertise na captação de recursos federais e viabilização de projetos de grande porte.

Estiveram no gabinete representantes de Itumbiara, Iporá, Varjão, Santo Antônio do Descoberto e Jataí. Todos com demandas diferentes (enquanto Itumbiara queria replicar o modelo de hospital municipal, Iporá quer viabilizar projetos de escolas de ensino fundamental com verba do governo federal), mas todos com a intenção de aproveitar a experiência de Aparecida de Goiânia.

Foi também dentro dos seus primeiros 30 dias de gestão que Gustavo Mendanha iniciou as tratativas para instalação de uma grande indústria de artigos esportivos em Aparecida de Goiânia e deu o tom de como será o relacionamento do poder Executivo com a Câmara Municipal: de parceria, mas sempre com respeito à autonomia dos dois poderes; ele fez questão de receber os vereadores em audiências no seu gabinete.

Serviços públicos
As aulas na rede pública municipal começaram normalmente no dia 19 de janeiro, mas desde o início do mês o prefeito tem acompanhado os processos licitatórios que resultarão, em breve, na construção de novos Centros Municipais de Educação Infantis (CMEIs) para suprir a demanda por vagas em Aparecida.

Foi também em janeiro que Gustavo começou um roteiro de visitas nas unidades educacionais administradas pelo município. “Quero aperfeiçoar a comunicação com os diretores, discutir iniciativas e propostas para elevarmos ainda mais o padrão de qualidade da educação oferecida a nossas crianças e adolescentes”, explicou ele no CMEI Azélia de Oliveira, no Residencial Village Garavelo.

Ações na área de infraestrutura e de desenvolvimento urbano foram intensificadas em janeiro. O prefeito acompanhou, em dias distintos, o início do trabalho de vários grupos de servidores em diferentes pontos da cidade. Recapeamento asfáltico, pintura de meio-fios, retirada de entulhos, limpeza e roçagem de lotes, podas de árvores, jardinagem manutenção e conservação de áreas públicas nos polos empresariais e industriais e serviços de iluminação e sinalização são alguns destes exemplos.

Na Saúde, as campanhas de alerta à hanseníase e de combate ao mosquito transmissor da dengue, Aedes Aegypti, foram mantidas. Ou melhor, intensificadas. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Adeílson Cavalcante, esteve em Aparecida e reuniu-se com o prefeito para assegurar apoio institucional e financeiro daquele órgão.

Em Brasília
Foram três viagens à Capital Federal somente no mês de janeiro. Do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Sílvio de Sousa Pinheiro, o prefeito Gustavo Mendanha recebeu sinal verde para viabilizar novos projetos de escolas de ensino fundamental.

Do titular da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Antônio Carlos Nantes de Oliveira, teve a garantia de que representantes do órgão estariam em Aparecida para orientá-los a captar recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) – a reunião, inclusive, já está agendada para o dia 7 próximo.

No Ministério da Saúde, no dia 26, Gustavo e o secretário de Saúde, Edgar Tollini, ouviram do ministro Ricardo Barros que haverá apoio do governo federal para conclusão e aparelhamento do novo Hospital Municipal – 98% das obras estão concluídas. O prefeito apresentou ainda ao ministro detalhes da obra do Centro de Especialidades e Diagnósticos.

 

Últimas Notícias

Chega a 73 o número de mortos em explosão no México; feridos somam 74
Forte terremoto de magnitude 6,7 atinge o Chile
Mais de 150 imigrantes se afogam no Mar Mediterrâneo
Brasil e Europa vão ser interligados por novo cabo submarino
Acordo para mudar nome da Macedônia gera protestos em Atenas
Ghosn está disposto a aceitar qualquer condição para obter fiança
Bombeiros buscam pessoa desaparecida depois de tromba dágua no Rio
Mega-Sena acumula de novo e pode pagar R$ 38 milhões na quarta-feira

MAIS NOTICIAS

 

ANP aprova credenciamento de empresa certificadora
 
 
Política de combate à inflação foi bem-sucedida, diz presidente do BC
 
 
Marcos Pontes: fusão de Embraer e Boeing preserva interesses do país
 
 
Número de linhas de celular tem maior queda do ano em novembro
 
 
ANP: Petrobras pede prazo maior para definir quais campos vai explorar
 
 
Ex-presidente do Banco Central defende política econômica do governo

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212