Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


20 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Multinacional italiana formaliza aquisição do controle acionário da Celg - Jornal Brasil em Folhas
Multinacional italiana formaliza aquisição do controle acionário da Celg


A multinacional italiana Enel formalizou nesta terça-feira (14), em Goiânia, a aquisição do controle acionário da Celg D, distribuidora de energia elétrica do estado de Goiás. O contrato foi assinado na presença do governador goiano Marconi Perillo, dos executivos Lívio Gallo e Carlos Zorzolli, da Enel, e do superintendente da Área de Desestatização do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Rodolfo Torres dos Santos. O anúncio foi feito no Rio, pelo banco, que assessorou tecnicamente o Ministério de Minas e Energia durante todo o processo.

De acordo com o BNDES, o processo de privatização da Celg D foi iniciado em maio de 2015. Naquele mês, a companhia foi incluída no Programa Nacional de Desestatização (PND), tendo o leilão ocorrido na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F/Bovespa) no dia 30 de novembro do ano passado.

A Enel ofertou R$ 2,187 bilhões pelo controle da Celg D, o que representou um ágio de 28% sobre o valor mínimo fixado para o pregão, de R$ 1,708 bilhão. A operação de privatização foi estruturada pela International Finance Corporation (IFC), braço financeiro do Banco Mundial, contratada pelo BNDES.

Segundo a assessoria de imprensa do BNDES, a Enel Brasil comprou cerca de 94,8% do capital social da Celg D que pertenciam à holding do setor elétrico Eletrobras e ao governo de Goiás. O processo de privatização da distribuidora será concluído com a oferta de 5,09% das ações aos funcionários da ativa e aposentados da empresa. Eventuais sobras serão adquiridas pelo novo controlador, que promete investir na melhoria do atendimento e na expansão da cobertura de distribuição de energia, inclusive aquelas provenientes de fontes alternativas.

A Enel Brasil já atua nos estados do Rio de Janeiro e Ceará, atendendo a 250 municípios, e passará agora a atender também a 237 cidades goianas. A compra da Celg D permitirá à Enel expandir a sua base de clientes de sete milhões para dez milhões.

 

Últimas Notícias

Centro está preparado para lançamento de foguete após acidente
Cidades brasileiras integram programa de preservação de florestas
MP denuncia ex-marido de corretora assassinada no Rio
Bolsonaro segue estável e internado no Hospital Albert Einstein
Goiás entra para a elite dos Estados mais competitivos do País
Petrobras eleva gasolina em 2 centavos; diesel permanece inalterado
MME faz consulta sobre planejamento da transmissão de energia elétrica
Inadimplência do consumidor subiu 3,63% em agosto

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212