Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Dez de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Justiça nega mau uso do Cheque Moradia por presidente da Agehab - Jornal Brasil em Folhas
Justiça nega mau uso do Cheque Moradia por presidente da Agehab


A juíza Vanessa Rios Seabra, da 54ª Zona Eleitoral, julgou improcedente a denúncia do deputado estadual Major Araújo (PRP) na qual o parlamentar apontava um possível uso eleitoral do programa Cheque Mais Moradia – de responsabilidade da Agência Goiana de Habitação (Agehab) – na cidade de Nova Veneza, na Região Metropolitana de Goiânia.
Segundo a sentença da magistrada, que acompanhou o parecer do Ministério Público, “não restou demonstrada a captação ilícita de votos, o abuso do poder econômico e político e nenhuma das condutas imputadas”. Embora a decisão tenha sido tomada na última sexta-feira (10), somente ontem (13) foi divulgada.
O caso foi investigado pela Polícia Federal, que trabalhou com a hipótese do presidente da Agehab, Luiz Stival, ter concedido o benefício em prol da eleição de sua mulher, Patricia Fernandes (PSDB), que era candidata no pleito de 2016 e se elegeu prefeita. Stival é ex-prefeito de Nova Veneza. Vanessa Rios Seabra reconhece ainda que, ao contrário dos mais de 936 Cheques Mais Moradia que a ação sugere, foram destinados somente 196 cheques - quantidade que a magistrada julgou razoável e proporcional ao recebido por outros municípios goianos.
Em outro trecho, a juíza frisou: “Assim, não obstante os esforços empreendidos pelos investigantes, que contaram inclusive com medida liminar judicial em busca de provas, conclui-se que o programa social beneficiou a comunidade sem desvio de sua finalidade primordial ou abuso de seu presidente no exercício do encargo, não havendo, pois, que se falar em prática de abuso de poder econômico e político e captação ilícita de sufrágio, restando atendidas as exigências ditadas pelo programa”.
Agehab, em nota divulgada, afirmou ter agido com transparência e disponibilizado todas as informações necessárias à Justiça

 

Últimas Notícias

Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
Instituições financeiras reduzem previsão de déficit primário em 2018
Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019
Eletrobras: suspensão de leilão se estende a Amazonas Energia
BNDES voltará a subscrever ações de empresas
Juros do cheque e empréstimo pessoal em 2018 foram menores que em 2017
São Paulo fecha ano com 9,9 milhões de empregos formais no comércio
Governo libera 100% de capital estrangeiro nas aéreas nacionais

MAIS NOTICIAS

 

Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 36 milhões
 
 
Câmara aprova incentivos fiscais a Sudene, Sudam e Centro-Oeste
 
 
Governadores discutem hoje segurança pública; Moro deve participar
 
 
Doria diz a Moro que estados precisam de recursos para a segurança
 
 
João de Deus afirma estar à disposição da Justiça
 
 
CGU recupera R$ 7,23 bilhões para os cofres públicos este ano

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2019 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212