Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Ministério Público reabre investigação sobre compra de caças suecos - Jornal Brasil em Folhas
Ministério Público reabre investigação sobre compra de caças suecos


A Procuradoria da República do Distrito Federal reabriu a investigação sobre a compra dos caças suecos Gripen, oficializada pela FAB (Força Aérea Brasileira) em 2014. Há suspeitas de superfaturamento e corrupção de agentes públicos.
O inquérito original havia sido arquivado no ano passado por falta de provas. A decisão de dar continuidade à apuração ocorreu com o surgimento de novos indícios de irregularidades, durante a Operação Zelotes, que mira em um suposto esquema de compra de medidas provisórias. Réu na ação penal originária da Zelotes, Mauro Marcondes atuou como lobista da empresa SAAB, fabricante dos caças, junto ao governo brasileiro, de acordo com a Procuradoria da República.
“A suspeita é que a atuação (do lobista) possa ter envolvido a corrupção de agentes e ex-agentes públicos”, afirma o Ministério Público Federal.
A aquisição das aeronaves, cujas negociações começaram durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, custou R$ 4,7 bilhões (em valores de janeiro de 2015).
Procurador responsável pelo inquérito, Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, pedirá à FAB e à empresa SAAB que enviem informações atualizadas a respeito do caso. A primeira investigação visou descobrir se houve irregularidade no fato de o Brasil ter requisitado uma tela única principal na cabine de comando do Gripen, alterando a configuração original, que conta com três displays para gerenciamento do voo e dos sistemas do avião.

 

Últimas Notícias

Temer deixa prédio da Polícia Federal no Rio
Jovens têm menos chance de contratação e mais de serem demitidos
Bolsa cai e dólar fecha em R$ 3,80
Araújo: dispensa de status especial na OMC nos coloca como país grande
Países sul-americanos devem sair de uma só vez da Unasul, diz ministro
Chanceler descarta emprego das Forças Armadas na Venezuela
Moçambique, Zimbábue e Malauí tentam identificar vítimas de ciclone
Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar

MAIS NOTICIAS

 

Copom inicia reunião nesta terça para definir taxa básica de juros
 
 
Mercado reduz projeção de crescimento da economia de 2,28% para 2,01%
 
 
Atividade econômica tem queda de 0,41% em janeiro, diz BC
 
 
Governo lança edital de estudos para concessão de 22 aeroportos
 
 
Governo do Rio anuncia rompimento da concessão do Maracanã
 
 
Conflitos e segurança poderão contar pontos na avaliação de escolas

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212