Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


25 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Festa no Marco Zero marca o encerramento do carnaval do Recife - Jornal Brasil em Folhas
Festa no Marco Zero marca o encerramento do carnaval do Recife


Hoje (28) foi o último dia para ouvir, no palco do Marco Zero, os frevos que esquentaram o carnaval do Recife durante os últimos dias. O encerramento da programação oficial começou à tarde e vai até o amanhecer de quarta-feira (1º), fechando a folia com o Orquestrão do Frevo.
O encerramento do carnaval do Recife atrai a criançada pelas cores e ritmos

O encerramento do carnaval do Recife atrai a criançada pelas cores e ritmosSumaia Villela/Agência Brasil

A primeira atividade do encerramento atrai a criançada, tanto pelas cores e ritmos dos grupos que se apresentam como pela tranquilidade do horário. A maior parte do público só começa a chegar no Marco Zero mais tarde, para os shows principais. À tarde ocorreu o desfile das agremiações campeãs do carnaval. Passam pelo palco os ganhadores do grupo 1, de 11 modalidades: Caboclinhos, Troças Carnavalescas, Clubes de Frevo, Clubes de Boneco, Blocos de Pau e Corda, Maracatus de Baque Solto, Maracatus de Baque Virado, Tribos de Índios, Bois de Carnaval, Ursos e Escolas de Samba.

A garotinha Gleice Kely, de 13 anos, aproveitava o último dia de folia vestida com um pedaço da fantasia de papangu (tipo de boneco). “Eu gosto de me fantasiar para assustar o povo”, conta ela, que também se vestiu de passista de frevo e adora os ritmos pernambucanos. “Gosto de frevo, maracatu, caboclinhos e de toques diferentes que dê para dançar”.

Diversidade cultural e competição

No palco, com tantas cores, estandartes e fantasias, alguns grupos podem parecer semelhantes. Mas cada uma das modalidades tem diferenças na organização, mensagem ou origem. Um exemplo são as agremiações que têm o frevo como ritmo. “A gente é clube de frevo. Tem clube de bloco que é cantando. O nosso é instrumental”, explica Rosalice Ramalho, vice-secretária Clube Carnavalesco Misto Bola de Ouro, com mais de 100 anos de atividade.

O desfile no Marco Zero é uma amostra das agremiações; o grupo completo se concentra na competição. Muitos contratam a equipe inteira que se apresenta. O Clube Carnavalesco Misto Bola de Ouro, bicampeão do concurso de agremiações no seu quesito, paga passistas e orquestra. As disputas deste ano ainda ocorrem hoje. O Bola de Ouro entra à meia-noite na avenida.

No Marco Zero, a noite é de shows tradicionais de outros carnavais. André Rio e Luciano Magno são os primeiros a tocar, seguido do Maestro Duda, Geraldo Azevedo, Alceu Valença e Elba Ramalho. O Orquestrão do Frevo – também conhecido como Arrastão do Frevo - começa às 3h da madrugada e, levando em conta anos anteriores, dura até o sol lembrar os foliões que a Quarta-feira de Cinzas já começou.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212