Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


26 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Com caminhão-pipa, Pacotão atrai gente de todas as idades em Brasília - Jornal Brasil em Folhas
Com caminhão-pipa, Pacotão atrai gente de todas as idades em Brasília


No dia em que o racionamento de água no Distrito Federal chegou à Asa Norte, ao Noroeste e à Vila Planalto, bairros da região central de Brasília, o Pacotão, bloco de carnaval mais tradicional da capital federal, desfilou com um caminhão-pipa. Foi uma brincadeira dos fundadores do bloco, que diziam ter o objetivo de abastecer a população do Plano Piloto.

“Pode vir aqui hoje com um balde que a gente vai distribuir água para o povo”, anunciava Wilson Regis, um dos dirigentes do Pacotão. Em uma das laterais do caminhão, uma faixa dizia “Resolvendo a falta dágua do Roloberg”, em um trocadilho com o nome do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

Os carros de som do bloco tocavam “Banho Tcheco”, marchinha tema de 2017 do grupo, que fala da crise hídrica no DF e foi escolhida em um concurso, como acontece todos os anos. Em um carnaval em que a capital federal teve novos blocos e muita gente nas ruas, Regis disse que, para o Pacotão, não importava o número de foliões.

“O Pacotão não é quantidade, é qualidade. A gente não quer 60 mil, 70 mil (foliões). A gente sai [da concentração] com 2 mil e vai arrastando mais gente. Hoje, estamos esperando umas 15 mil pessoas”, disse. O bloco deixou a concentração, na 302 Norte por volta de 16h e começou seu percurso tradicional, descendo na contramão a avenida W3.

Segundo a Polícia Militar, ao chegar ao viaduto da W3, por volta de 18h, o Pacotão reunia 5 mil foliões. “Pela quantidade degente que continua chegando, acredito que chegará a 10 mil”, estimou o major Augusto, responsável pela segurança. No domingo (26), a chuva atrapalhou e apenas cerca de 2,5 mil pessoas acompanharam o Pacotão.

Irreverência

O bloco, conhecido pela irreverência e por abrir espaço para os foliões se manifestarem sobre questões políticas e sociais, foi fundado por jornalistas em 1978. Este ano, o momento de efervescência política do país inspirou cartazes com críticas tanto ao presidente Michel Temer quanto aos ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva.

O Pacotão atraiu foliões de todas as idades. A esteticista Zoraia Andrade, 54 anos, contou que acompanha o bloco há mais de uma década. “Venho aqui porque é o bloco mais tranquilo. Também acho importante a crítica política”, disse.

A enfermeira Marja Chaves, 25 anos, e o fisioterapeuta Daniel Saigg, 34, também são foliões habituais do Pacotão. “É um clássico. Sem contar que tem a pegada política. Queira ou não, Brasília é a capital do país e não tem como ignorar essa parte”, comentou Marja. “A gente sabe que vai ser tranquilo. É um bloco que tem como reunir pessoas mais jovens e mais velhas”, completou Danilo.

 

Últimas Notícias

Empresários brasileiros apostam em alimentos e bebidas saudáveis
Temporal no RS deixa mais de 360 mil residências sem luz
Livro aborda mentiras contadas por presidentes do Brasil em 100 anos
Setor da cachaça lança manifesto contra carga tributária
Polícia busca PM sequestrado por criminosos na zona oeste do Rio
Bolsonaro passa bem e tem dreno retirado do abdome
PM encontra carro de policial sequestrado no Rio
Festival de Brasília termina hoje com entrega de premiações

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212